O Botafogo voltou ao trabalho após o clássico já de olho na partida contra a Chapecoense, quinta-feira, no Estádio Nilton Santos. A equipe trabalhou pela manhã, com os jogadores que iniciaram a partida contra o Flamengo e a tarde com os demais atletas. Em entrevista coletiva o Gerente de Futebol Anderson Barros falou sobre a situação financeira do clube, a lesão do goleiro Jefferson e o trabalho para que o Botafogo reencontre o rumo das vitórias.

– Acho que o mais importante é termos consciência que a situação financeira é complicada, mas que não podemos ficar nos justificando o tempo inteiro por conta de uma situação que estamos administrando a tanto tempo. Temos que passar por cima disso tudo e encontrar soluções – disse Anderson Barros.

Confira os demais trechos da entrevista coletiva do Gerente de Futebol Anderson Barros:

JEFFERSON

– Acabou tendo uma fratura na cartilagem da traqueia e será submetido até o fim do dia a mais uma tomografia para que possamos ter mais certeza. Ele está bem, estive com ele no hospital e estamos acompanhando toda a sua situação. Os médicos entendem que esse dia a dia na clínica é muito importante.

DE OLHO NO MERCADO

– Há um planejamento e uma necessidade, mas preciso que alguém queira fazer essa operação conosco. Nossos atletas são de extremo potencial e se não acontecer agora vai acabar acontecendo mais pra frente. Dentro do nosso orçamento existe a parte da negociação de atletas. Precisamos ter paciência e entender o mercado.

BEM SERVIDO NO GOL

– O botafoguense tem dois grandes goleiros prontos, o Jefferson e o Gatito, mas o futebol tem dessas coisas. O Saulo também é um grande goleiro e entrou demonstrando muita segurança e qualidade. Se precisarmos entrar com ele no gol entraremos sem problemas. Claro que esperamos que o Gatito e o Jefferson se recuperem o quanto antes.

A COBRANÇA É NATURAL

– Assim é o Botafogo. O nosso torcedor cobra, sente e isso é parte desse processo. Sabíamos que teríamos dois jogos complicados no nosso retorno e o mais importante para nós era perceber como a equipe se portaria. Contra o Flamengo tivemos um jogo muito perigoso e agora teremos pela frente a Chapecoense com a obrigação de um bom resultado já que depois não teremos muito espaço.

CONFIANÇA NO JOVEM SAULO

– Em relação ao Saulo é um menino que tem demonstrado sua qualidade no dia a dia. O parecer do Flávio Tenius é fundamental para nós. Isso nos tranquiliza e nos dá muita tranquilidade. Quanto ao Gatito logicamente queremos que ele volte logo. Hoje ele estava de luva em campo, mas ainda faltam alguns dias e temos que esperar para ver como ele responde.

JEFFERSON FORA DE COMBATE

– O Jefferson está fora do jogo de quinta-feira e de domingo. Quando dou essa previsão do Jefferson, por favor, é uma previsão do Anderson Barros. Mas é a tendência.

A QUESTÃO SALARIAL

– O Botafogo pagou sim o salário de maio e agora temos a pendência de junho com os atletas e com os funcionários, que são extremamente importantes nesse processo.

RODRIGO AGUIRRE

– Contra o Corinthians ele já poderia ter recebido o vermelho, mas o importante é que o Aguirre ainda é um jovem e que precisa evoluir. Foi um investimento que o clube fez e precisa ter o retorno nesse momento. O atleta precisa entender isso.

Fonte: Site oficial do Botafogo