Palmeiras e Botafogo entram em campo com uma coincidência. Nenhum dos dois conseguiu se preparar do jeito que planejava para entrar em campo nesta quarta-feira, às 19h30, em Presidente Prudente. Tanto paulistas quanto cariocas terão desfalques no que se diz respeito à formação ideal e entram em campo para reagir após resultados não satisfatórios no Brasileirão.

Os palmeirenses são os que mais sofreram. Por causa das más condições meteorológicas, não conseguiram deixar Chapecó na segunda-feira, fizeram um treinamento improvisado no hotel, e pegaram mais de 500 quilômetros de estrada para ir para o palco do jogo.

Para piorar, seguem sem contar com Bruno César, machucado, Valdivia, na seleção chilena, Eguren, na seleção uruguaia, e Fernando Prass, se recuperando de operação. Mendieta também é desfalque de última hora. Wesley segue como a grande esperança para que o time se recupere da derrota sofrida diante da Chapecoense por 2 a 0.

Sua entrada em campo, aliás, significará seu recorde com a camisa palmeirense em 2014. São nove partidas consecutivas sendo escalado como titular.

“”Fico feliz (pelas marcas), mas não sou um cara que fica brigando para aumentar as estatísticas. Minha obrigação é procurar os espaços, deixar o companheiro mais bem colocado. Acabo sobressaindo porque sou o cara responsável pela transição”, disse ele ao site oficial do Palmeiras.

Do outro lado, em crise pela falta de bons resultados no início do Brasileiro, o Botafogo teve sua preparação atrapalhada por causa de protestos realizados por torcedores na segunda-feira. Os alvinegros ofenderam jogadores, presidente e membros da comissão técnica e prometeram aumentar o tom das cobranças em caso de mais uma decepção contra o Palmeiras.

O time venceu apenas uma partida no campeonato e está na 17ª posição após anotar cinco pontos, na zona de rebaixamento.

Atrapalhado por lesões, o Botafogo não poderá contar com Carlos Alberto, Marcelo Mattos e Daniel. Para completar, Jefferson está com a seleção brasileira e Dória joga o torneio de Toulon, pela sub-21.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS X BOTAFOGO

Data: 28 de maio de 2014, quarta-feira
Horário: 19h30 (de Brasília)
Local: Prudentão, em Presidente Prudente (SP)
Árbitro: Heber Roberto Lopes – SC (FIFA)
Assistentes: Fabio Pereira – TO (FIFA) e Helton Nunes – SC (CBF-2)

PALMEIRAS: Fábio; Wendel, Lúcio, Marcelo Oliveira e William Matheus; Renato, Wesley e Felipe Menezes; Diogo, Marquinhos Gabriel e Henrique
Técnico: Alberto Valentim

BOTAFOGO: Renan; Lucas, Bolívar, André Bahia e Junior Cesar; Airton, Bolatti, Edilson e Zeballos; Wallyson e Emerson Sheik.
Técnico: Vagner Mancini

Fonte: UOL