Atraso em reapresentação quase complicou a vida de Edilson

Compartilhe:

O fato de Edilson não ser lembrado pelo técnico Oswaldo de Oliveira até as lesões dos concorrentes Lucas e Gilberto se deu, em grande parte, por um vacilo do próprio jogador. No dia 13 de maio, o elenco do Glorioso se reapresentou após o título carioca, e o camisa 33 não esteve presente.

Edilson tinha viajado para curtir o tempo livre e acabou perdendo o voo para retornar ao Rio de Janeiro. De acordo com o comandante alvinegro, o lateral-direito tinha fama de indisciplinado antes de desembarcar em General Severiano:

– Certamente influenciou (o atraso para que tenha se tornado terceira opção). Quando o trouxemos, era para ser o reserva imediato. Mas, após esse fato, nós conversamos, ele entendeu e se enquadrou. Todo mundo sabia da fama de um pouco indisciplinado. Hoje, está muito bem – disse o comandante ao LANCE!Net, elogiando o comportamento do camisa 33:

– É um jogador importantíssimo para o grupo, que agrega e está sempre conversando com todos.



Fonte: Lancenet!
Comentários