Header CORITIBA (Foto: Infoesporte)

VANDERLEI – Goleiro
Foi exigido logo aos dois minutos de jogo, quando salvou após chute de Gilberto que desviou na zaga e levou perigo. Voltou a aparecer muito bem, em ótima defesa após jogada de Gabriel. Não teve culpa alguma no gol botafoguense.

VICTOR FERRAZ – Lateral-direito
No primeiro tempo, funcionou como boa arma ofensiva, buscando jogo, e ainda atuou bem na contenção de jogadas do Botafogo pelo seu lado. Fez alguns desarmes, mas caiu de rendimento no fim.
Nota: 6,0

LUCCAS CLARO – Zagueiro
Atento, foi bem nos desarmes – sete ao todo, melhor número na partida – e conseguiu conter as jogadas de Rafael Marques.
Nota: 7,0

CHICO – Zagueiro
Assim como seu companheiro de defesa, foi seguro e apareceu bem em algumas ocasiões para cortar o perigo.
Nota: 6,5

DIOGO – Lateral-esquerdo
Atuação não vinha comprometendo, mas marcou bobeira na marcação e deixou Bruno Mendes livre para fazer o gol do Botafogo.
Nota: 5,5

JÚNIOR URSO – Volante
Ajudou o sistema defensivo ao servir como auxílio para a dupla de zaga e deu o passe que colocou Deivid em ótima condição para dar assistência na jogada do segundo gol.
Nota: 6,5

WILLIAN – Volante
Também seguro nos desarmes, colaborou para evitar as jogadas botafoguenses.
Nota: 6,5

GIL – Volante
Demonstrou vontade nas divididas de bola e teve atuação regular durante o tempo que esteve em campo.
Nota: 6,0

GERMANO – Volante
Entrou para cumprir o mesmo papel de Gil e foi bem.
Nota: 6,0

CARLINHOS – Meia
Levou perigo com boa jogada no começo do jogo, mas preferiu finalizar de pé esquerdo ao invés de cruzar para Deivid, livre na pequena área. Muitos passes errados.
Nota: 5,5

ALEX – Meia
Esteve apagado até aparecer para acertar o gol sem goleiro depois de jogada de Deivid. Desperdiçou boas chances no primeiro tempo, errando passe de definição e parando em Jefferson.
Nota: 6,5

LINCOLN – Meia
Sua participação durou pouco mais de 15 minutos. Praticamente não apareceu.
Nota: 5,5

DEIVID – Atacante
Contou com a falha do goleiro botafoguense para abrir o placar em uma cabeçada fraca no meio do gol, e fez boa jogada antes de passar para Alex ampliar a vantagem do Coxa. Deu trabalho aos marcadores.
Nota: 7,5

JULIO CESAR – Atacante
Entrou no fim e ainda conseguiu aparecer para finalizar e levar perigo ao gol botafoguense duas vezes.
Nota: 6,0

Header Botafogo (Foto: Infoesporte)

JEFFERSON – Goleiro
Salvou em chances de Carlinhos e Alex no primeiro tempo, mas sofreu um frango inacreditável no gol do Coritiba, quando deixou a bola passar por entre as pernas após cabeçada de Deivid. No fim, uma ótima intervenção que evitou o terceiro do Coxa livrou o goleiro de uma nota ainda menor.
Nota: 5,5

GILBERTO – Lateral-direito
Começou bem e buscando jogo ofensivamente, chegando algumas vezes até a linha de fundo. Foi bem nas roubadas de bola e conseguiu se salvar na tarde ruim da equipe.
Nota: 6,5

BOLÍVAR – Zagueiro
Teve mais dificuldades do que Dória e simplesmente abandonou a marcação em Alex na jogada do segundo gol do Coritiba para olhar a bola.
Nota: 5,0

DÓRIA – Zagueiro
Já era o destaque defensivo da equipe visitante, cortando algumas jogadas de perigo, e ainda se lançou ao ataque aos 38 minutos do segundo tempo para dar assistência para o gol de Bruno Mendes. Lance de atacante e bola na medida para o companheiro.
Nota: 7,0

JULIO CESAR – Lateral-esquerdo
Mais contido do que Gilberto, chegou ao ataque em raras ocasiões e errou muitos passes. Participou da péssima cobrança de falta ao lado de Seedorf, perto do fim do jogo.
Nota: 5,0

MARCELO MATTOS – Volante
Não comprometeu, mas acabou sacrificado para que a equipe se tornasse mais ofensiva. Foi substituído aos 30 minutos do segundo tempo, dando lugar ao atacante Henrique.
Nota: 6,0

HENRIQUE – Atacante
Entrou para dar mais corpo ao ataque do Botafogo, mas foi apenas mais um praticamente inoperante.
Nota: 5,0

GABRIEL – Volante
Desperdiçou a posse de bola por duas vezes ao tentar chutes de longa distância no primeiro tempo e acabou isolando. Por outro lado, foi o autor da principal jogada individual do time na partida, no segundo tempo, ao tentar gol com chute de bico, em lance salvo por Vanderlei. Foi o maior finalizador do jogo: cinco arremates.
Nota: 6,0

SEEDORF – Meia
Apareceu bem pela primeira vez aos 26 minutos de jogo, quando colocou na frente e finalizou para fora, levando perigo. Sumiu durante toda a segunda etapa e participou da jogada nada ensaiada em falta no fim do jogo.
Nota: 5,0

HYURI – Meia
Até tentou movimentar-se em algumas ocasiões, mas cometeu faltas e ainda apareceu impedido no ataque em uma oportunidade. Não agradou Oswaldo de Oliveira, que acabou sacando-o do time já no intervalo.
Nota: 5,0

LODEIRO – Meia
Entrou com vontade, no lugar de Hyuri, e tentou finalizar quando pôde. Levou perigo em uma oportunidade.
Nota: 6,0

RAFAEL MARQUES – Atacante
Correu, se esforçou, mas bem marcado, não conseguiu ajudar muito na construção de jogadas.
Nota: 5,5

ELIAS – Atacante
Sofreu com a tarde de pouca inspiração e criação de jogadas do Botafogo. Bem marcado, nada acrescentou. Saiu na primeira metade da etapa final.
Nota: 5,5

BRUNO MENDES – Atacante
Bem posicionado, concluiu para o fundo das redes após bom passe de Dória. Saiu do banco para descontar no placar.
Nota: 6,5

Fonte: Globoesporte.com