O Botafogo mostrou força, venceu o Palmeiras por 2 a 0 fora de casa e aliviou sua situação no Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time de General Severiano deixou a zona de rebaixamento – ainda precisa terminar a rodada para ratificar o status. Os jogadores não esconderam o alívio por darem um salto na classificação e esperam que seja o início de uma nova era no clube.

Um dos líderes do Botafogo, Bolívar fez questão de exaltar a atuação do time. Ele, no entanto, diz que o Alvinegro não merecia estar na atual situação, mas que mesmo assim a equipe mostrou força para arrancar uma reação no Campeonato Brasileiro.

“Sabíamos que a equipe não vinha jogando tão mal para ter aqueles resultados. Estávamos numa má fase, mas nunca desistimos. Trabalhamos forte e ganhamos uma grande equipe. Isso é fundamental. Estamos de parabéns”, disse o zagueiro.

Pivô de uma polêmica com o zagueiro Lúcio, Emerson Sheik também falou de futebol e da situação do Botafogo. O atacante revelou que os jogadores da equipe estavam chateados por estarem na zona de rebaixamento e que o resultado mudará o clima no elenco.

“Os atletas estavam tristes com a zona de rebaixamento. As pessoas começam a duvidar da nossa capacidade. Esta quarta aconteceu tudo como planejamos. Agora é mais um jogo contra o Corinthians, mas eu não poderei jogar [terceiro cartão e cláusula contratual]. Vou torcer”, afirmou Emerson Sheik.

Com o resultado, o Botafogo conseguiu sua segunda vitória no Campeonato Brasileiro. Com 8 pontos, o Alvinegro pulou para a 12ª posição e aguarda o fim da rodada para comemorar a saída da zona de rebaixamento. O time de General Severiano volta a campo neste domingo, quando medirá forças com o Corinthians, no Itaquerão.

Fonte: UOL