O momento em General Sevriano não é dos melhores. O clube passa por uma grave situação financeira, onde na última semana houve até protesto dos jogadores pelo pagamento dos salários atrasados. No entanto, quando o assunto é Libertadores, a expectativa não poderia ser melhor para que o Maracanã receba novamente um grande público, ainda mais agora que o time poderá garantir sua classificação para as oitavas de final do torneio. Para o zagueiro Bolívar, o momento na Libertadores serve de motivação para os obstáculos vividos na temporada.

“Vai ter um grande público, porque o torcedor botafoguense comprou essa ideia. Ele sabe que verá um time aguerrido jogando dentro de casa e está satisfeito com isso. Vai apoiar e faz uma diferença enorme. O torcedor faz parte da bela campanha que fazemos em casa. Ele sabe disso. Nos incentiva nos momentos mais complicados, joga junto. Temos o recorde de público na competição. Vê-los fazendo fila de novo, gastando um dinheiro que as vezes faz falta, isso tudo nos motiva muito. Vamos retribuir o carinho com muita disposição em campo”, disse o zagueiro.

A torcida atendeu o apelo dos jogadores e segue na busca por ingressos para o jogo contra o Unión Española, quarta-feira, no Maracana. Até o fechamento da bilheteria, neste domingo, cerca de 13 mil já tinham sido vendidos de forma antecipada, sem contar com os sócios-torcedores.

“É isso que importa. Eles entenderam que Libertadores é diferente de qualquer outra coisa e estão tendo uma atuação nas arquibancadas que nos motiva muito dentro de campo. Pode parecer clichê, mas dá vontade de correr ainda mais por eles. Quarta será assim. Eles vão nos apoiar e nós vamos até perder sangue por eles se for preciso”, completou.

O Botafogo precisa apenas de uma vitória para garantir a liderança do grupo e a classificação para as oitavas de final da Libertadores. Caso isso ocorra, o Alvinegro apenas cumprirá tabela na última rodada contra o San Lorenzo-ARG, em Buenos Aires.

Fonte: Yahoo! Esporte Interativo