Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Botafogo e San Lorenzo se enfrentaram pela primeira vez em 39: estreia de Heleno

0 comentários

Compartilhe

Botafogo x San Lorenzo 1939 a

Findava o ano de 1939 e o Botafogo vinha da frustração de perder o Campeonato Carioca, apesar de ter o melhor ataque do Brasil. Carvalho Leite conseguia se manter como principal artilheiro do certame, mesmo tendo por concorrente ninguém menos que o flamenguista Leônidas da Silva. Naquele ano o Botafogo fez OITENTA GOLS num Carioca de apenas 24 rodadas. Ninguém chegou perto de seus números ofensivos, mas a defesa também levava demais e a taça ficou com o Flamengo – que, ironicamente, garantiu o título após um 0×0 (contra o America).

Com o ano se encerrando, a equipe da Estrela Solitária iniciou a temporada de amistosos, e em 21 de dezembro de 1939 surgiu um adversário de prestígio: o San Lorenzo de Almagro, que iniciava uma excursão pelo Rio ao lado do Independiente de Avellaneda. Foi a primeira vez na história que Botafogo e San Lorenzo enfrentaram, e a última no Rio de Janeiro – os dois jogos seguintes, nas décadas de 50 e 60, ocorreriam em Buenos Aires. O Ciclón venceu com facilidade constrangedora (5×1) mas, em retrospectiva, aquela partida ficou famosa por outro fato. Na época ninguém deu muita atenção ao garoto de 19 anos que fazia sua primeira atuação com o time principal, mas o jogo contra o San Lorenzo marcou a estreia de Heleno de Freitas no futebol profissional. Substituído com apenas meia hora de jogo, Heleno praticamente não foi mencionado nas crônicas sobre a partida.

Botafogo x San Lorenzo 1939 b

Naquela época, por terem se profissionalizado antes e contarem com mais rodagem internacional (a Argentina levava a sério a Copa América; o Brasil, não), os clubes do país vizinho eram tidos como superiores. Causou enorme surpresa que, antes do jogo entre Botafogo e San Lorenzo, o Vasco da Gama (apenas sexto colocado num Carioca de nove times) tivesse derrotado o poderosíssimo Independiente de Arsenio Erico, então bicampeão argentino. O Vasco era menos time que o Botafogo, e o San Lorenzo era menos time que o Independiente, mas mesmo assim a imprensa ficou com um pé atrás – e a reticência acabou se justificando. Apesar de o jogo ser em São Januário, que fazia as vezes de Maracanã da época, os cuervos foram soberanos e massacraram os donos da casa, com seu ataque liderado pelo feroz Isidro Lángara, que naquela noite fez quatro gols e em 1940 seria artilheiro do PERÓNZÃO com 33.

Botafogo x San Lorenzo 1939 c

Agora, quase 75 anos depois, Botafogo e San Lorenzo voltarão a se enfrentar no Rio de Janeiro, pela primeira vez desde então. Se hoje os dois times parecem bastante similares em seu orgulho pelo passado, suas superstições e maldições, já naquela época havia uma simetria: ambos estavam no meio de uma seca de treze anos sem taças. O Botafogo ficou sem vencer o Carioca entre 1935 e 1948. O San Lorenzo não levou o Argentino nenhuma vez entre 1933 e 1946.

Ficha do jogo:

21/12/1939 – Estádio de São Januário. Público “apenas regular”, segundo o Jornal do Brasil.

Botafogo: Aymoré Moreira (Humberto); Graham Bell e Nariz; Zezé Procópio, Zezé Moreira e Canalli; Álvaro, Heleno de Freitas (Martim (César)), Carvalho Leite, Perácio e Patesko.
San Lorenzo: Sebastián Gualco; Roberto Terzolo e Ernesto González; Ángel Zubieta, Dalmiro Farías e Bartolomé Colombo; Juan Fattone, Waldemar de Brito (Osvaldo Bottini), Isidro Lángara, Gabino Ballesteros e Antonio Núñez.

Gols: 35’ Lángara (SL); 40’ Lángara (SL); 60’ Lángara (SL); 61’ César (BOT); 70’ Bottini (SL); 89’ Lángara (SL).

Na sequência da excursão, que durou até janeiro de 1940, o San Lorenzo derrotou Flamengo (1×0 e 4×2) e Vasco (1×0). Também houve um amistoso entre um combinado dos clubes cariocas e um combinado de Independiente e Ciclón, vencido pelos argentinos por 6×1. Em 14 de janeiro de 1940, ocorreu ainda uma competição nos moldes do torneio início, com partidas não-oficiais de apenas 20 minutos. Botafogo e San Lorenzo chegaram a se enfrentar ali, empatando por 0×0, mas o duelo não vale para as estatísticas. Em jogos oficiais, as equipes se enfrentariam mais duas vezes na história, ambas na Argentina. Em 1953, o Ciclón venceu por 4×1. Em 1966, os cariocas deram o troco e fizeram 2×0, com gols de Jairzinho e Bianchini.

Comentários