Botafogo observa Hyuri há tempos e fez jogo-treino para vê-lo

Compartilhe:

Novo xodó do Botafogo, o meia-atacante Hyuri teve uma ascensão meteórica na atual temporada. E o garoto, que chegou a sentar no banco de reservas do Audax-RJ durante o Carioca, agora brilha com a camisa alvinegra. O LANCE!Net destrinchou todos os passos do jogador até a chegada dele a General Severiano.

Na primeira rodada do Campeonato Estadual, o auxiliar técnico Jair Ventura foi à Rua Bariri para assistir ao confronto entre Olaria e Audax – que enfrentariam o Bota na fase de grupos da Taça Guanabara. A partida terminou em 0 a 0, mas o ’olheiro’ se encantou com Hyuri e contou ao técnico Oswaldo de Oliveira sobre as qualidades dele.

Três rodadas depois, o Botafogo encarou a equipe de São João de Meriti e goleou por 4 a 0. Mesmo assim, o garoto chamou atenção de Oswaldo.

Já na mira do Alvinegro, o velozatacante teve altos e baixos no Carioca, até enfrentar o Flamengo, quando entrou no segundo tempo e marcou o gol da vitória de 2 a 1 do Audax sobre o arquirrival do Glorioso.

– Hyuri sempre demonstrou comportamento competitivo. É aplicado e ótimo profissional desde a base. Víamos nele a chance de ter uma carreira em alto nível. Mostrar isso tão rapidamente é realmente surpreendente e nos dá muito orgulho. Mas sempre imaginamos que tivesse talento para tudo isso – afirmou Thiago Scuro, gerente geral do Audax.

O Estadual acabou, mas o nome do atual camisa 17 não saiu da lista do Botafogo e o clube iniciou as conversas para a contratação. Nesse intervalo, o Boa Esporte (MG) tentou levá-lo, mas o Audax deu prioridade ao Alvinegro, pois entendeu que seria mais vantajoso emprestar Hyuri para um time da Série A e do Rio de Janeiro, cidade natal do jogador.

Para dar o veredicto, Oswaldo de Oliveira pediu um jogo-treino com o Audax, para observar Hyuri, o volante Leandro Bonfim e o atacante Vinicius. A partida terminou empatada em 1 a 1 e apenas o atual camisa 17 do Botafogo foi aprovado.

– Naquele jogo-treino pude me destacar, cheguei na frente para finalizar e ajudei na marcação. Não fugi das minhas características e responsabilidades por conta disso – disse Hyuri, mostrando personalidade.



Fonte: Lancenet!
Comentários