Que bagaço!

Esse time do Botafogo despediu-se ontem melancolicamente da Série A, sem empenho e, de qualquer forma, sem qualidade para enfrentar seus concorrentes. Uma despedida triste, inglória, que conseguiu até reabilitar um artilheiro em crise como Leandro Damião. Mais uma prova de que o novo presidente Carlos Eduardo Pereira tem que fazer uma faxina geral, incluindo o treinador, e iniciar o difícil trabalho de recuperação financeira. O ano de 2014 é para o Botafogo esquecer.

Fonte: Coluna do Márcio Guedes - O Dia Online