Coluna: ‘Em ano pavoroso, Botafogo tem um festival de idiotices e trapalhões’

0 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

No fosso

Os jogadores do Botafogo até se esforçaram contra o São Paulo, mostraram audácia, mas esbarraram na própria mediocridade, nos desfalques, em um esquema confuso e no equívoco dos seus incompetentes dirigentes, que tiraram o jogo do Maracanã para levá-lo a Brasília, com maioria contra. O possível lucro a curto prazo pode ser corroído por uma queda à Série B, o que trará prejuízos. É um ano pavoroso para o Botafogo, dentro e fora de campo. Em 2015, será preciso uma vassourada.

Os imbecis

Vários trapalhões só fazem piorar o caos alvinegro. Fora de campo, a pressão para tirar Vagner Mancini é absurda – é o menos culpado no processo. Simplesmente não há elenco digno de um time grande. O que se fazer se, em dois jogos seguidos, dois jogadores, com comportamento imbecil, provocam suas expulsões, casos de Dankler, contra o Galo, e Airton, contra o São Paulo. É um festival de idiotices que começa nos dirigentes e termina em alguns profissionais.

Notícias relacionadas