Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Comentarista elogia planejamento do Botafogo visando a Série B: ‘Caminho até aqui é muito promissor’

13 comentários

Compartilhe

Raphael Rezende analisa Moto Club x Botafogo
Reprodução/SporTV

Aos poucos, o Botafogo vai virando a página de um 2020 terrível e mostrando um 2021 animador. Nesta quarta, o Glorioso goleou o Moto Club por 5 a 0 fora de casa, pela Copa do Brasil, e completou três jogos sem derrota e sem sofrer gols na temporada.

Muitos reforços já foram anunciados, outros ainda irão estrear e mais chegadas serão oficializadas. O planejamento inicial foi bastante elogiado pelo comentarista Raphael Rezende, do SporTV.

– O Botafogo não vai ser um time de referências individuais. Não adianta o torcedor esperar que o time saia contratando jogadores indiscutíveis e já consagrados no mercado para darem uma resposta porque individualmente são acima da média. Não é essa a realidade do clube hoje. Está certíssimo em trazer um grupo homogêneo. O caminho até aqui é muito promissor – opinou Rezende, concordando com o trabalho da diretoria:

– É claro que são três jogos e eles não são referência para o que é o principal desafio. O que tem que ser feito está sendo feito: renegociação e busca por rescisão de jogadores que ganhavam acima da realidade do clube e contratação de jogadores que fazem um elenco mais homogêneo e que combine com o que são as ideias de seu treinador.

Na vitória desta quarta-feira no Maranhão, o Botafogo apresentou um futebol de bastante velocidade e, a despeito da fragilidade do adversário, foi competente e criou bastante oportunidades de gol.

– Há uma tentativa de ter um time mais leve, mais rápido, mais agressivo na marcação, que compita mais do que o da última temporada – frisou Raphael Rezende.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Comentários