Comentarista: Seedorf reclamar de juízes é ‘malandragem’ (!)

Compartilhe:

 Às vésperas do grande confronto contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, o meia Seedorf, do Botafogo, afirmou ser perseguido pelos árbitros. Segundo o jogador, faltas claras que ele estaria sofrendo não vêm sendo marcadas, uma vez que prefere continuar em pé a reclamar e se jogar no chão. Para o jornalista Fábio Seixas, o holandês finalmente descobriu uma das principais características dos gramados brasileiros e terá de se adaptar.

– Bem vindo ao futebol brasileiro, Seedorf. Caiu a ficha do Seedorf sobre como funciona. Se o jogador não cai, o juiz não marca. Na cabeça de um jogador estrangeiro como ele, cria um “parafuso” – disse no “Redação SporTV”.

Seedorf chegou a dizer que será forçado a “cair e pedir cartão” no duelo contra a Raposa. O jogo é um confronto direto na briga pelo título do Brasileiro, já que os mineiros lideram a competição, com 46 pontos, quatro à frente dos alvinegros.

Na visão do comentarista da RBS TV, Diogo Olivier, a declaração de Seedorf também serve para mandar um recado aos árbitros antes da partida decisiva.

– Ele tem uma trajetória, com credibilidade, por isso fica mais forte a declaração. Mas tem também a malandragem de escolher esse momento, na véspera de um grande jogo. Ele é uma personalidade, vale uma discussão, mas tem a experiência dele em dar uma condicionada na arbitragem – opinou.

Botafogo e Cruzeiro se encaram nesta quarta-feira, no Mineirão, às 21h50 (de Brasília).



Fonte: Sportv.com
Comentários