De terno e gravata, torcida protesta contra ingressos caros

Compartilhe:

Terno e gravata para torcer pelo Botafogo. É com bom humor e elegância que um grupo de torcedores alvinegros resolveu protestar contra os altos preços dos ingressos para o clássico contra o Flamengo no Maracanã. Os valores se comparam aos dadecisão da Taça Libertadores e, para eles, excluem a maioria dos torcedores. A ideia desses amigos botafoguenses se espalhou pela internet e para o duelo deste domingo são esperados 500 “aristocratas” alvinegros nas arquibancadas.

– A gente pensou nisso a partir de um descontentamento em ver que o Maracanã agora é voltado simplesmente para a elite, um projeto de eliminação e exclusão do povo que é o verdadeiro dono do Maracanã – disse o torcedor alvinegro Pedro Ivo Mendes.

Tocida do Botafogo protesta de terno e gravata (Foto: Reprodução SporTV)
Tocida do Botafogo protesta de terno e gravata (Foto: Reprodução SporTV)

Para a partida contra o Flamengo, válida pela 9ª rodada do Brasileirão, os nobres torcedores terão que desembolsar de R$ 100, para comprar os ingressos mais baratos na cadeira superior, a R$ 400, valor individual para camarote fechado. O valor mais barato representa 15% do salário mínimo nacional e, para se ter uma ideia, era o mesmo cobrado para a decisão da Taça Libertadores entre Atlético-MG e Olimpia. No Mineirão, onde o Galo foi campeão, o ingresso mais caro foi vendido por R$ 500.

– O Maracanã mudou o perfil dele e, pelo preço dos ingressos, ele agora é um estádio da aristocracia. Então nós, nobres aristocratas, estamos aqui vestidos a rigor para o novo Maracanã – afirmou o botafoguense Guilherme Figueira.

Champanhe será aberto para a comemoração da vitória (Foto: Reprodução SporTV)
Champanhe será aberto para a comemoração da vitória (Foto: Reprodução SporTV)

A aristocracia das arquibancadas não vai ser exclusividade dos alvinegros. A ideia também chegou aos torcedores do Flamengo, que prometem fazer movimento semelhante no dia do jogo.

– Essa causa não é do Botafogo, é do futebol do Brasil, do futebol do Rio – disse Guilherme.

Apesar de as duas torcidas concordarem em protestar, um empate em campo não é o esperado pelos botafoguenses. E eles já preparam uma comemoração especial para a vitória. Uma especiaria da nobreza, apenas para ocasiões especiais.

– Esse champanhe é da nossa adega especial e está reservado para comemorar a vitória no domingo – explicou o torcedor.



Fonte: Sportv.com
Comentários