Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

25/04/21 às 18:00 - Nilton Santos

Escudo Botafogo
BOT

X

Escudo Macaé
MAC

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

1

X

0

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Desfalques, improviso e descontrole marcam 10ª derrota do Botafogo no Brasileiro

0 comentários

Compartilhe

Com 16 desfalques, o Botafogo teve uma difícil missão ao enfrentar o São Paulo, real candidato ao título do Campeonato Brasileiro. Por este motivo, o técnico Vagner Mancini se viu obrigado a improvisar jogadores de certos setores para fazer outras funções. Pelo setor direito, o Tricolor deitou e rolou e marcou três dos quatro gols por este espaço. Porém, o grande vilão da noite foi Airton, que pisou na cabeça de Alexandre Pato, foi expulso e dificultou uma reação dos cariocas.

Um dos desfalques mais sentidos foi o de Edilson. Com dores musculares, o jogador obrigou Mancini a improvisar Gabriel e Rodrigo Souto na lateral direita. Isso porque o único jogador da posição era Lucas, que acionou o Botafogo na Justiça e rescindiu contrato. John Lennon ainda se recupera de lesão no joelho e não foi relacionado. E foi por ali que o Alvinegro viu o São Paulo deitar e rolar.

Apenas o quarto gol, marcado por Alexandre Pato, não saiu pelo lado direito. Todos os outros três foram marcados justamente por onde o Botafogo estava vulnerável. Com marcação falha, o Tricolor foi soberano e conseguiu virar a partida, após estar perdendo pro 2 a 1 ainda no primeiro tempo.

“O São Paulo tem base formada há muito tempo, e Botafogo tentando se reeorngziar. Estávamos muito modificados. Não serve como desculpa, mas é um alento a todos que enxergam futebol. É diferente jogar com titme titular. Muitas coisas foram vistas de ângulo iferente. Tinha atletas improvisados e outros substituídos por cansaço. É difícil fazer análise da partida dessa forma. Mesmo com titulares seria difícil”, disse o técnico Vagner Manicni.

Quem também teve um atuação para esquecer foi o jovem Andrey. Titular do Botafogo nos últimos três jogos, o arqueiro deixou a desejar e falhou em dois gols do São Paulo – segundo e terceiro, marcados por Souza. Para a partida contra o Internacional, o Alvinegro já poderá contar com o retorno de Jefferson, que defendeu a seleção brasileira nas vitórias sobre Colômbia e Equador, nos Estados Unidos.

Mas o grande vilão da noite foi Airton. O volante reclama que sua imagem está vinculada à violência e que quer mudar isso. Entretanto, ele deu um passe na direção contrária na última quarta-feira. O volante já havia se desentendido com Alexandre Pato na etapa inicial e logo aos 3min do segundo tempo derrubou o atacante e bateu com o pé na cabeça do rival. Cartão vermelho, que deixou o Botafogo em situação delicada na partida.

Para a próxima partida, o técnico Vagner Mancini ainda terá que quebrar a cabeça para escalar a equipe. Sem Airton e Bolatti, o Botafogo dificilmente poderá contar com Emerson Sheik, internado com forte amigdalite. Jefferson, Ramirez e Edílson, por outro lado, reforçam o time.

Com a derrota para o São Paulo, o Botafogo se manteve na 14ª colocação, com 22 pontos, apenas dois a mais que o Coritiba, primeiro time na zona de rebaixamento, com 20. O Alvinegro volta a campo no domingo, quando medirá forças com o Internacional, no Beira Rio, em Porto Alegre.

Comentários