Elias e Hyuri ganham elogios de Oswaldo, que cita caráter deles

Compartilhe:

A vitória alvinegra por 2 a 1 sobre o Santos, na Vila Belmiro, contou com participação decisiva de Hyuri e Elias. O primeiro, que virou xodó da torcida alvinegra após os três gols marcados nos três jogos que antecederam o embate com o Peixe, fez o cruzamento para o centroavante marcar, de cabeça, o gol que garantiu os três pontos ao time da Estrela Solitária. Isso porque o atacante já havia deixado sua marca no primeiro tempo, aproveitando rebote de Aranha, na pequena área.

Após a partida, o técnico Oswaldo de Oliveira não poupou elogios a Elias, jogador que o agradou já no Campeonato Carioca deste ano. O treinador não se limitou aos atributos técnicos do atacante, que foi a sete gols no Brasileirão.

– O Elias é um cara que tem me dado muita alegria. Foi uma aposta que a gente fez como reconhecimento ao que ele mostrou no Carioca (pelo Resende). Vestiu a camisa, incorporou o espírito da equipe. Além de ser um jogador de qualidade no ataque, é um homem íntegro, digno, que se esforça e é humilde. Merece muito tudo o que tem acontecido com ele – comentou Oswaldo, em entrevista coletiva.

Elias comemora gol do Botafogo contra o Santos (Foto: Leandro Martins / Agencia estado)
Hyuri se joga em Elias para comemorar o segundo gol alvinegro (Foto: Leandro Martins / Agencia Estado)

Hyuri também ganhou afagos do técnico. Embora avalie como exagerada a badalação que tem sido feita sobre ele, Oswaldo destacou a maneira positiva como o meia tem reagido ao assédio e exaltou o caráter do jogador – o Botafogo vai comprar 60% dos direitos econômicos do atleta, que pertencem ao Audax Rio.

– O que eu falei do Elias, transfiro ao Hyuri. Teremos muita facilidade para lidar com isso (assédio), pois ele é uma pessoa de caráter e personalidade fortes, que está sabendo administrar tudo o que tem ocorrido repentinamente na carreira dele. O desempenho técnico é outra história, mas com ele mantendo essa postura, vamos conciliar e ele vai passar muito bem por esse assédio, que a meu ver é exagerado. Tudo tem sido mérito dele, mas o Hyuri tem sabido lidar bem com isso – descreveu.

O Botafogo volta a jogar na quarta-feira, às 21h50m (de Brasília), contra o Cruzeiro, no Mineirão, pela 22ª rodada do Brasileirão, em confronto que pode aproximar o Alvinegro da liderança da competição. A equipe está em segundo lugar, com 42 pontos.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários