Engenhão passará por obras em 2015, sem precisar fechar

Compartilhe:

A reabertura do Engenhão foi antecipada para o primeiro semestre do ano que vem. O estádio, que está fechado desde março por problemas na sua cobertura, passará por obras até o final de 2014. Antes do início do Campeonato Brasileiro, entretanto, ele estará apto para receber jogos com segurança.

No mês passado, a Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou o plano de reforma do Engenhão. Na época, o secretário municipal de Obras, Alexandre Pinto, informou que o estádio ficaria fechado até 2015, período no qual seriam realizadas as obras necessárias.

Nesta quarta-feira, porém, uma nova data de reabertura foi informada pela Riourbe (Empresa Municipal de Urbanização), que acompanha os trabalhos de reforma do Engenhão. De acordo com o órgão, ainda em 2014, o Engenhão estará pronto para jogos.

“O projeto, que apresentou a melhor alternativa para a reforma da cobertura do estádio, oferece a vantagem da redução do tempo das intervenções no estádio, que poderia ser liberado aos torcedores, atendendo todos os requisitos de segurança, ainda no primeiro semestre do ano que vem, antes do início do próximo Campeonato Brasileiro”, informou, em nota.

Contudo, as obras na cobertura continuarão até o final do ano que vem, mas com a arena em funcionamento. Elas serão pagas pelo Consórcio Engenhão (formado pela Odebrecht e OAS) e seguirão orientações de uma empresa alemã que detectou os problemas no Engenhão, a SBP.

Para reforçar a cobertura do Engenhão, serão instaladas estruturas complementares às já existentes. Os pedaços enormes de metal vão ajudar a segurar o teto do estádio, o qual está instável após mover-se mais que o esperado após sua construção.

A Riourbe também informou nesta quarta-feira que o Engenhão passará por obras adicionais, não relacionadas ao problema na sua cobertura, durante 2015. As intervenções são necessárias para a Olimpíada de 2016 e não devem atrapalhar o funcionamento do estádio.

Fonte: UOL

Comentários