As duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro devolveram ao Botafogo a confiança e também fez o Alvinegro subir na tabela de classificação. Com 22 pontos somados, o Fogão ocupa a 7ª colocação e viajará para São Paulo por mais três pontos diante do Corinthians, adversário direto com 24 pontos. A partida acontecerá no domingo, às 17h, em Itaquera. Em entrevista coletiva, o lateral-esquerdo Gilson concedeu entrevista coletiva e falou sobre a crescente da equipe e a expectativa por uma vitória em território paulista.

– É um momento de duas vitórias consecutivas, o que é muito difícil num campeonato tão equilibrado. Estamos procurando a evolução no dia a dia para que possamos crescer como equipe. Passamos um período sem vitórias, o que é normal em qualquer time, mas o Barroca faz um trabalho fantástico. Vamos com pensamento positivo e com muito trabalho em busca de novas vitórias – disse Gilson.

Confira os demais trechos da entrevista de Gilson:

O BOTAFOGO É GRANDE

– Nós conversamos sempre e temos uma responsabilidade grande, com muita cobrança e sabemos da dificuldade da competição. Temos o combinado de focar jogo a jogo, considerar cada partida como se fosse a última. Assim vamos procurando vencer esses jogos. Não podemos pensar na parte de baixo da tabela. o Botafogo é grande e por mais que muitos não apostem no nosso elenco, somos um grupo e defendemos um clube de tradição. Com muita entrega e concentração vamos conquistar os nossos objetivos.

PARA FAZER DA BOLA PARADA UMA ARMA

– A gente treina muito a bola parada. O Barroca tem me pedido para bater esses escanteios mais fechados. Nesse último jogo não fizemos o gol nessa bola parada, mas vamos continuar aperfeiçoando para vencermos com ela. Em muitos jogos a bola parada defini e temos que aprimorar isso.

VENCER É O QUE IMPORTA

– O Barroca passou para nós seu desejo quando chegou e nós tentamos cumprir ao máximo o que tem nos passado. Conseguimos a característica de sempre querer controlar o jogo, ficar com a bola. Procuramos sair com qualidade para que nossos atacantes e meias possam criar as chances de gol. Em algumas partidas fugimos disso, o que é normal também. Contra o Avaí acabamos ficando sem a posse da bola, mas vencemos. Sabemos que nem sempre vai ser possível ficar com a bola e temos que estar preparados para situações adversas. Se acontecer de fugirmos um pouco da nossa característica e sairmos com a vitória, por mim ótimo.

CONFIANÇA NO GRUPO SEMPRE EXISTIU

– Temos um grupo que se cobra muito no dia a dia. Fomos eliminados na Copa Sul-Americana, mas nunca deixamos de confiar no trabalho do Barroca e no nosso. Conseguimos duas vitória importantes e agora teremos mais um jogo dificílimo pela frente. Vamos jogar fora de casa diante de uma equipe qualificada, mas somos grandes e temos total condição de sairmos de lá com a vitória. Pensamos jogo a jogo e repito, o Botafogo é grande e clube grande tem que brigar na parte de cima da tabela.

AUSÊNCIA DE JOÃO PAULO

– Toda perda no nosso grupo fará falta. O João Paulo é um jogador importante, um dos líderes do nosso grupo e infelizmente não poderá estar com a gente, mas temos outros atletas de qualidade que podem dar conta do recado. Sobre o Alex Santana quem poderá responder por vocês é o Barroca e o departamento médico.

O CORINTHIANS

– Nos últimos anos eles são uma equipe que não é muito ofensiva, mas perigosa. Sabemos disso e não podemos fugir da maneira que trabalhamos durante a semana. Temos que estar ligados, o Corinthians por muitas vezes não pressiona muito, mas são perigosos no contra-ataque, com jogadores que desequilibram. A nossa ideia de jogo é ficar com a bola e sair com a vitória. Sabemos da dificuldade, mas esperamos realizar um bom jogo.

Fonte: Site oficial do Botafogo