A diretoria do Atlético-MG confirmou no final da tarde desta segunda-feira a contratação do meia-atacante Maicosuel. O jogador, que chegou à capital mineira no final da manhã, assinou contrato por cinco anos com o clube e terá agora 15 dias de férias antes de se reapresentar com o elenco alvinegro.

O atleta reuniu-se com a diretoria atleticana na tarde desta segunda e acertou os últimos detalhes do contrato. Os direitos econômicos de Maicosuel foram adquiridos pelo Atlético, que pagará R$ 10 milhões à Udinese, valor que o clube mineiro não confirma oficialmente.

Maicosuel, que retornará ao interior de São Paulo nesta segunda, terá de se reapresentar ao Atlético apenas no dia 11 de junho, data em que os atletas alvinegros voltarão a treinar antes de embarcar para amistosos na China.

As negociações entre Atlético e Udinese começara há 15 dias e o clube mineiro teve de ganhar a concorrência de outros dois clubes italianos, interessados no jogador, o Napoli e o Helvas Verona. Porém, o acordo com a equipe de Udine foi fechado no final de semana.

Reginaldo de Matos, 27 anos, surgiu nas divisões de base do Guarani. O primeiro clube brasileiro que se destacou foi o Paraná Clube, onde atuou entre 2005 e 2006. No ano seguinte, transferiu-se para o Cruzeiro, arquirrival atleticano. Depois passou por Palmeiras (2008), Botafogo (2009), Hoffenheim (2009-2010), Botafogo (2010-2011) e Udinese, clube em que chegou em 2012.

Maicosuel teve maior destaque pelo Botafogo no Brasil e se transferiu para a Udinese, onde no primeiro ano chegou a ser titular. Porém, na temporada que se encerrou na semana passada, o atleta acabou não se firmando. Seu último jogo aconteceu em março. A passagem pela Itália foi modesta, com apenas quatro gols marcados.

O atleta chega para ser o primeiro reforço da era Levir Culpi no Atlético. Maicosuel era um alvo antigo da diretoria atleticana. O técnico Cuca o havia indicado em 2013, antes de deixar o clube, mas o acordo não aconteceu. O jogador chega para suprir a iminente saída de Fernandinho, cujo vínculo foi suspenso após se recusar a enfrentar o Criciúma, no domingo, para não completar sete jogos no Brasileirão e assim não poder se transferir para outra equipe brasileira.

Fonte: UOL