Mais de metade do time do Botafogo fará estreia no Maracanã

Compartilhe:

O Maracanã é o maior templo do futebol carioca e brasileiro, mas muitos dos jogadores em atividade nunca tiveram a oportunidade de pisar o gramado do estádio por causa dos três anos em que ficou fechado para reformas. O time do Botafogo é um bom exemplo. Dos prováveis 11 titulares para o clássico com o Flamengo, neste domingo, sete farão a estreia no palco como profissionais. 

A emoção promete ser diferente para Seedorf, Gilberto, Dória, Gabriel, Lodeiro, Vitinho e Rafael Marques. E logo em um clássico com o Flamengo. Apenas Jefferson, Bolívar, Julio Cesar e Marcelo Mattos tiveram a chance de atuar no Maraca. A expectativa é de um grande público para o duelo. 

– Todos estão tranquilos, mas existe a expectativa de saber como está. Depois que entrarmos em campo, isso acaba. Estamos mais preocupados com o Flamengo do que com o Maracanã – disse Jefferson, campão da Copa das Confederações com a seleção brasileira no estádio.

O volante Gabriel espera que a realização do seu sonho seja completa, com uma bela vitória sobre o arquirrival para não sair mais da memória.

– Nunca pisei no Maracanã, estou bem ansioso para realizar esse sonho. E nada melhor do que realizar jogando bem e com uma vitória. Há um tempo, nem imaginava que pudesse acontecer. Vou procurar ter um domingo inesquecivel para comemorar com o time e com a minha familia – disse à Rádio Brasil.

Curiosamente, o Botafogo jogou pela última vez no Maracanã contra o próprio Flamengo, no dia 14 de julho de 2010. Jefferson estava em campo e o Rubro-Negro venceu por 1 a 0, gol do atacante Paulo Sérgio. O momento agora é diferente. O Alvinegro é vice-líder do Brasileiro, e o Flamengo apenas no 15º. Apesar de não assumir um favoritismo, o camisa 1 disse que o time vai com tudo para vencer e recuperar a ponta da competição.

– Não existe isso de favoritismo, ainda mais falando de duas grandes equipes. Vivemos um grande momento e não vamos deixar escapar. O objetivo é buscar a liderança novamente. Vamos com tudo.

Fonte: Globoesporte.com

Comentários