O diretor de competições da CBF, Virgílio Elísio, voltou a entrar em contato com clubes nesta terça-feira para confirmar que a Fifa não cederá mesmo os estádios que serão usados durante o período exclusivo da Copa para jogos e treinos das seleções. No último fim de semana, o COL (Comitê Organizador Local) atualizou e fechou a data de entrega de todos os locais envolvidos com a organização do Mundial.

O ESPN.com.br teve acesso ao documento encaminhado às federações e repassados aos times (veja abaixo).

“Considerando que diversos estádios dessa relação estariam sendo utilizados nos campeonatos brasileiros das Séries A, B e C, a partir de 18/05, temos a absoluta necessidade de definição, por parte de clubes e federações, dos estádios que substituirão os impedidos. Precisamos dessa informação até 20 dias antes da data marcada para a primeira partida de cada clube, como mandante, no campeonato correspondente”, diz um dos trechos.

Na última sexta-feira, conforme antecipado pelo blog Dois Toques, Virgílio Elísio já havia sinalizado a posição até então irredutível da Fifa sobre o assunto.

A controvérsia em torno da cessão de suas casas para o Mundial movimenta os bastidores das equipes desde o começo de ano. No conselho arbitral da Série A, realizado em fevereiro, na sede da CBF, no Rio de Janeiro, alguns dirigentes chegaram a procurar a entidade solicitando que o mando de suas partidas no Brasileirão fosse invertido. Uma decisão final ainda não foi tomada, porém, alternativas vêm sendo estudadas.

ESPN.com.br

texto marcus
Ofício encaminhado pela CBF aos clubes nesta terça-feira

Os cartolas argumentam que, com a mudança na ordem de seus compromissos, amenizarão não só o prejuízo técnico como também financeiro com a perda de bilheteria longe de suas torcidas.

A CBF, por outro lado, responde que, para atender os pedidos, precisa que as trocas sejam tecnicamente perfeitas, ou seja, não pode acontecer de um time acabar fazendo três jogos seguidos fora de casa. “A inversão de mando tem que ser completa. Na troca de ‘A’ e ‘B’ por ‘B’ e ‘A’, as características da tabela têm de ser mantidas. Se no ‘B’ contra ‘A’ resultar em jogos ‘fora’, ‘fora’, ‘fora’ para determinado clube, mudou a natureza do trabalho que fizemos. A inversão só é possível quando ela é perfeita e simétrica”, explicou o diretor de competições Virgílio Elísio.

Ao todo, entre locais para partidas e treinos, a Fifa tem reservados 68 espaços. Eles serão colocados à sua disposição dentro de um mês, a partir de 7 de maio. O primeiro a ser liberado será o estádio Engenheiro de Alencar de Araripe, em Vitória, Espírito Santo. A seleção australiana, que utilizará o palco, chega ao Brasil em 28 de maio.

O Corinthians será o primeiro dentre os grandes a deixar o seu CT, em 12 de maio. O Irã ficará instalado em Itaquera durante a Copa.

ESPN.com.br

texto marcus
Período exclusivo da Fifa em todos os locais
Fonte: ESPN.com.br