Em recuperação após cirurgias no intestino, Valdir Espinosa, de 72 anos, apresentou piora em seu estado de saúde. O coordenador-técnico do Botafogo realizou dois procedimentos no local, nos dias 17 e 20, e segue internado na CTI de um hospital da Zona Sul do Rio de Janeiro. O ex-treinador tem um quadro grave, mas estável neste momento.

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

“É… na verdade apareceu uma coisinha para corrigir, ele corrigiu e é só isso que eu vou te falar agora. Posso falar para você que ele está bem, ele está sedado, mas que tudo possa funcionar na conveniência dele, mas ele está bem”, afirmou Graça, sua mulher, em entrevista pelo telefone.

O UOL Esporte apurou as complicações pós-operatórias de Espinosa se devem a uma pneumonia durante a recuperação das cirurgias para conter uma infecção. Por isso, seu quadro inspira maiores cuidados nesse momento.

A família do ex-técnico mostrou esperança na reversão da situação. Valdir Espinosa ainda não tem previsão de alta.

“Então, ele está guerreiro (risos). [Ele] vai conseguir”, finalizou sua companheira.

Fonte: UOL