Dez dias depois de deixar uma prisão em Paranã, no interior de Tocantins, o atacante Jobson, com passagens por clubes de todo o país, como Botafogo, Atlético-MG, Bahia e Grêmio, deve reforçar o Brasiliense. Assim, o jogador de 30 aos chegaria à Boca do Jacaré para a reta final da primeira fase do Campeonato Brasileiro da Série D.

Ele já passou pela equipe do Distrito Federal. Entre 2007 e 2009, foi bicampeão candango em 2007 e 2008. Além do Jacaré, o Remo, que disputa a Série C, também tinha interesse em contar com o futebol doa atacante. Entretanto, pesou o passado vitorioso no Centro-Oeste do país.

PRISÃO E CENÁRIO
Jobson estava preso acusado de estupro de vulnerável (menor de idade) em 2016. Além disso, chegou a ser punido pela FIFA por ter usado substâncias proibidas, como crack e cocaína.

Na Série D, o Brasiliense disputou três partidas e ocupa a segunda colocação do Grupo A10 com seis pontos, três a menos do que o primeiro lugar, Iporá-GO. Apenas os líderes de chave mais os 15 melhores segundos colocados avançam ao mata-mata. A diretoria do Jacaré espera que Jobson chegue ao Distrito Federal ainda nesta terça-feira, para que assine contrato e se junte ao grupo.

Fonte: Futebol Interior