Oswaldo: ‘Aqui não é magia, talismã ou milagre. É trabalho’

Compartilhe:

Elegância e simpatia são qualidades que jamais foram questionadas a respeito de Oswaldo de Oliveira, de 62 anos. Porém, após cinco anos no Japão, dirigindo o Kashima Antlers, havia a dúvida se o treinador que deixara o futebol brasileiro em baixa, após trabalhos por Fluminense e Cruzeiro, seria capaz de fazer o Botafogo a voltar disputar os principais títulos.

Quase dois anos à frente do Glorioso, o técnico tem amanhã, contra o Cruzeiro, mais uma prova de fogo. Nada que tire o sono do carioca, que em entrevista exclusiva ao LANCE!Net, não trata o sucesso como fruto de algo mágico ou inexplicável. É “apenas” trabalho:

– Toda a comissão técnica tem trabalhado com uma entrega muito grande. Há um entrosamento muito grande com essas pessoas que ficam por trás. Para o Hyuri entrar e fazer os gols que ele fez em tão pouco tempo, ele teve de ser muito bem assistido. E isso não é magia, não é talismã, nem é milagre. É trabalho, e trabalho de muita qualidade. Pegamos a matéria-prima, colocamos dentro desse sistema, e aí se potencializa muito mais o que você terá como resposta – define.



Fonte: Lancenet!
Comentários