Apesar da chegada de Bruno Nazário, o Botafogo mira a contratação de outro meio-campista: Ignacio Jara, do Cobreloa-CHI. O interesse no chileno é antigo e o Alvinegro já esteve na liderança na “corrida” pela contratação do jogador, mas o nome do atleta ainda não é unanimidade no comitê de futebol. Neste período de indefinições, outros clubes sul-americanos também colocaram o atleta no radar.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Ricardo Rotenberg trouxe o nome do jogador ao comitê e é, até agora, o mais empolgado pela possível chegada de Ignacio Jara. Uma outra parte do grupo, contudo, entende que não vale a pena contratar uma aposta da segunda divisão do futebol chileno com três meses de salários atrasados a jogadores e funcionários. Até que esta indefinição interna seja resolvida, o negócio com o atleta de 22 anos está congelado.

Se o Botafogo não sabe o que fazer, outras equipes do continente não ficam paradas. Times de México, Colômbia e Chile monitoram a situação de Ignacio Jara – que, inclusive, recebeu uma sondagem oficial de uma equipe mexicana.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

O meio-campista é constantemente convocado para a seleção olímpica do Chile. No último domingo, Jara se destacou pela equipe sub-23 da La Roja em um amistoso contra o time profissional do Colo-Colo, no jogo de abertura da temporada do Cacique. O atleta de 22 anos entrou no segundo tempo do duelo e liderou as ações da jovem equipe. É bem provável que o meia dispute o pré-olímpico, que começa no próximo dia 18.

O Botafogo entende que precisa resolver a situação de Ignacio Jara até o começo do Pré-Olímpico, já que o meio-campista deve ficar valorizado no torneio e o Alvinegro não tem como entrar em leilão com outras equipes da América do Sul. O Glorioso estudava enviar uma proposta de empréstimo até o fim de 2020 com cláusula de compra fixada e o Cobreloa havia sinalizado positivamente.

Fonte: Terra