Presidente vai aos EUA e negocia projeto do Botafogo no país

Compartilhe:

Ao longo dos últimos cinco anos, o Botafogo vem realizando excursões internacionais nas categorias de base cujos frutos começam a surgir. Essa experiência executiva adquirida possibilitou ao clube dar um salto maior na internacionalização de sua marca. O Presidente Mauricio Assumpção e o Diretor Comercial/Marketing Ayrton Mandarino estiveram nos Estados Unidos na última semana, onde conversaram com os principais executivos da área para colocar de pé um projeto do Botafogo no país, que inclui intercâmbio de atletas, amistosos, clínicas e até um time profissional para disputar a USL (divisão de futebol).

“Esta viagem serviu para verificarmos in loco o grande potencial que existe no mercado Norte Americano para uma marca como a do Botafogo. No próximo ano, tenho certeza de que já estaremos participando, de alguma maneira, neste processo”, destacou o presidente Mauricio Assumpção.

Assumpção e Mandarino se reuniram com Barry MacLean, presidente da Bestiwicks Sports; Phil Rawlins, presidente do Orlando City e um dos donos Stoke City; Jake Edwards, vice-presidente da USL; Steven Short, Diretor de Parcerias e Expansão USL; e Kellen Kalso, Diretor de Esportes da Wild World of Sports da ESPN/Disney. Nas reuniões,  Assumpção e Mandarino reforçaram a grandeza do clube e fortalecaram as relações diplomáticas com um país que tem muito interesse em investir no futebol.

Com a expertise de quem preside uma das principais empresas americanas de promoção de amistosos nos EUA, Barry MacLean ficou encantado com o projeto apresentado pelo Botafogo e demonstrou interesse em realizar amistosos do clube contra Orlando Soccer, Toronto City e Kansas City Sporting durante o intervalo da Copa do Mundo. Phil Rawlins, por sua vez, transmitiu a sua experiência sobre a criação de um time para disputar a USL.

Já Jake Edwards e Steven Short apontaram os caminhos em relação ao intercâmbio de atletas e comissão técnica, além da possibilidade de entrada do Botafogo na USL nos próximos anos. Kellen Kalso apresentou o complexo esportivo Wild World of Sports da ESPN/Disney onde há 16 campos oficiais de futebol, além de inúmeras instalações para diversas modalidades.

“Através da estruturação e formação de suas equipes, os EUA estão revigorando o futebol no país e investindo nas principais ligas como a MLS e USL. O país sabe como nenhum outro criar valor e fazer do esporte um importantíssimo vetor na geração de receitas. O futebol é a bola da vez e acreditamos que o Botafogo tem muito a contribuir, seja compartilhando nosso conhecimento técnico na formação de talentos, seja na criação de modelos de negócio que nos gerem novas receitas”, afirmou o Diretor Comercial/Marketing Ayrton Mandarino.

 



Fonte: Site Oficial do Botafogo
Comentários