Rival quarta na Copa do Brasil, Flamengo fica sem treinador

Compartilhe:

Mano Menezes não é mais o técnico do Flamengo. O treinador pediu demissão do cargo após a derrota por 4 a 2 para o Atlético-PR, na noite desta quinta-feira, no Maracanã. Em entrevista coletiva que não foi aberta a perguntas dos jornalistas presentes no estádio, Mano comunicou a decisão.

– Conversei com os jogadores e depois com o Paulo Pelaipe. Estamos encerrando um ciclo. Senti no resumo do jogo de hoje (esta quinta-feira) que não consegui passar para o grupo aquilo que penso sobre futebol. Quando não se consegue passar aquilo que pensa, é porque ele (treinador) tem de sair. Foi com essa visão que tomei essa decisão difícil, mas que julgo ser a mais correta para que o Flamengo trilhe outro caminho que não seja esse de permanecer mais próximo da zona de rebaixamento que da ponta de cima da tabela – afirmou Mano Menezes.

O diretor executivo de futebol do Flamengo, Paulo Pelaipe, também fez um comunicado sobre a saída de Mano Menezes do Rubro-Negro após a partida desta quinta-feira no Maracanã. O dirigente enfatizou que irá se reunir com o restante da diretoria rubro-negra para traçar o novo rumo do clube e disse que no próximo domingo, diante do Náutico, Jaime de Almeida irá assumir de forma interina.

– Queria comunicar que fomos surpreendidos pela atitude do Mano Menezes, que decidiu sair do clube. Nós lamentamos muito, que é um grande profissional que sai do clube. Agora vamos conversar com toda a diretoria e no próximo domingo, contra o Náutico, assume o Jaime de Almeida. Fui surpreendido pelo Mano, como já disse. Não estou aqui dando coletiva, estou apenas comunicando o fato que recebemos com tristeza. Vou sair do Maracanã e vou me reunir com a diretoria para traçar o novo rumo e as novas providências – disse Paulo Pelaipe.

Em três meses no Flamengo, Mano Menezes comandou 22 partidas, sendo nove vitórias, seis empates e sete derrotas.



Fonte: Lancenet!
Comentários