Segundo melhor visitante, Botafogo desafia Cruzeiro em Minas

Compartilhe:

Líder do Campeonato Brasileiro, com 46 pontos, o Cruzeiro tem uma campanha irretocável, a melhor desde a utilização do sistema de pontos corridos em 2003 nos  primeiros 21 jogos. Como mandante, ela fica ainda melhor, com 87,7% de aproveitamento, com nove vitórias e dois empates.

No entanto, quarta-feira, no Mineirão, o confronto será contra o segundo melhor visitante da competição. Com 54,5% de aproveitamento, o Botafogo só perde para o próprio Cruzeiro, que tem 56,6%, mas ambos conseguiram as mesmas cinco vitórias.

A favor do Botafogo, o fato de ter quebrado domingo uma série de mais de um ano de invencibilidade do Santos na Vila Belmiro. Desde a reinauguração do Mineirão, o Cruzeiro venceu 17 jogos no estádio e empatou apenas um.

Alison e Seedorf, Santos e Botafogo (Foto: Ivan Storti / Santos FC)
Seedorf no comando do Botafogo contra o Santos na Vila (Foto: Ivan Storti / Santos FC)

– A postura tem que ser de atenção e dedicação. Se o Cruzeiro vem para cima, vamos para cima deles também. Não vamos jogar para empatar, com o time todo fechado. Estamos encarando todos os jogos da mesma  forma e tem que ser assim se quisermos chegar ao título – disse o volante Marcelo Mattos, do Botafogo.

Na opinião do lateral cruzeirense Ceará, a partida desta quarta tem ares de decisão, assim como todas as que o time mineiro terá pela frente. Por isso, avalia a importância de vencer a equipe carioca, principalmente por ela fazer bons jogos como visitante.

– Certamente será uma decisão, mas acho que nessa competição de pontos corridos todos os jogos são decisivos. O Botafogo é um concorrente direito, eles estão na busca pelo título, é o mais importante, ou um dos mais importantes. Temos que estar focados. Cada um tem que dar seu melhor, e temos que usar a força do grupo para conseguir vencer o desafio.



Fonte: Globoesporte.com
Comentários