A Botafogo S/A, projeto que tornará o futebol do clube em empresa, é ansiosamente aguardada pelos torcedores, mas também pelos profissionais alvinegros. O técnico Alberto Valentim confia em uma nova era após a transição.

– Quando acontecer, serão outros tempos. Terá saúde financeira, centro de treinamento… Será um salto de qualidade de infraestrutura e tranquilidade para os que trabalham aqui. É um ano importante, de transição, e temos que estar juntos – afirmou Valentim ao site “Globoesporte.com”.

Após a pré-temporada no Espírito Santo, o treinador confirmou que começará com o seguinte time titular: Gatito; Fernando, Marcelo Benevenuto, Carli e Guilherme Santos; Cícero, Thiaguinho e Bruno Nazário; Luiz Fernando, Luis Henrique e Pedro Raul. Ele quer um novo perfil.

– Vai ser um time muito aguerrido. E não só na fase defensiva, mas um time dinâmico para jogar. Vamos alternar um jogo de posse com um jogo vertical. Para chegar mais vezes ao ataque, onde o jogo vale e acontecem as jogadas de gol – garante.

Valentim considera que o Botafogo tomou a decisão certa ao realizar pré-temporada de 12 dias no Espírito Santo, iniciando o Campeonato Carioca com reservas.

– No ano passado, o Botafogo teve uma pré-temporada muito ruim. Não teve lugar para concentrar, o campo não estava bom. Não foi feita uma pré-temporada de qualidade. Por isso, a vinda para cá (Domingos Martins). A gente tinha que abrir mão de algumas coisas, então mandamos parte do elenco e tiramos algumas sessões de treinos desses atletas. Se tivéssemos obedecido o período de treinos para estrear na pré-temporada, seria ainda menor que o ano passado. Seria muito ruim para o nosso futuro próximo. Foi a melhor escolha. Claro que queríamos ter somado nessas partidas, mas iremos ganhar lá na frente – aposta.

Fonte: Redação FogãoNET e Globoesporte.com