Desistência? Botafogo diz que superou proposta do Flamengo por Luis Henrique e aguarda atacante de portas abertas

699 comentários

Por Bernardo Gentile e Carlos Eduardo Sangenetto

Compartilhe

Luis Henrique no treino do Botafogo em julho de 2020
Vítor Silva/Botafogo

Apesar da versão do Flamengo sobre a negociação com o atacante Luis Henrique, do Olympique de Marselha, tenha sido de “desistência”, o Botafogo garante que a narrativa não foi bem assim. Nos bastidores do Glorioso afirma-se que a melhor proposta apresentada pelo jogador de 21 anos foi a alvinegra e que o rival “contou a história do jeito que quis”.

O FogãoNET apurou que o Flamengo de fato entrou firme na tentativa de contratar Luis Henrique, inclusive fez um acordo nos últimos dias com a família do atleta. A oferta rubro-negra chegou a dobrar quando os dirigentes da Gávea ficaram cientes do real interesse do Botafogo em repatriar o atacante. No entanto, as cifras não teriam alcançado o que foi apresentado pelo Alvinegro, que buscou a todo momento um acerto diretamente com a cúpula do Olympique de Marselha e colocou na mesa, tardiamente, sua proposta de obrigatoriedade de compra. Este último movimento, noticiado pela reportagem do “ge.globo” na madrugada desta quarta-feira (6/7), tirou o adversário da jogada e convenceu a parte francesa, que, segundo o “Canal do TF”, pode receber cerca de 8 milhões de euros (R$ 44,2 milhões) após 1 ano de empréstimo, em caso de metas atingidas.

É importante destacar que o Botafogo sempre esteve confiante na negociação, sobretudo após Luis Henrique demonstrar carinho pelo clube ao posar com a camisa alvinegra no Estádio Nilton Santos, em 16 de junho, dia que o Fogão derrotou o São Paulo por 1 a 0, pela 12ª rodada do Brasileirão. Além disso, os relatórios colhidos pelo departamento de futebol do Glorioso davam conta que um alto investimento seria válido. Logo, John Textor e sua equipe não tiveram outra escolha a não ser ir até o fim para sacramentar a contratação.

Portas abertas para Luis Henrique

Porém, para o acordo acontecer, Luis Henrique precisa ainda dar uma resposta definitiva ao Botafogo, que, vale lembrar, ainda não tinha chegado aos números finais da oferta. Internamente, não há qualquer resistência quanto às tratativas do estafe do jogador com o rival Flamengo porque entende-se que a última cartada ainda não tinha sido dada. Ademais, a diretoria espera que os torcedores botafoguenses também caminhem nesta direção e criem um ambiente amistoso para o seu retorno.

Fonte: Redação FogãoNET

Notícias relacionadas