Karine Alves e companheiros de SporTV se despedem de Raphael Rezende, novo head scout do Botafogo, ao vivo: ‘Era o sonho dele’

16 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Karine Alves e companheiros de SporTV se despedem de Raphael Rezende, novo head scout do Botafogo, ao vivo: ‘Era o sonho dele’
Reprodução/SporTV

Novo head scout do Botafogo, Raphael Rezende entrou ao vivo no “Troca de Passes”, do SporTV, na noite desta quarta-feira, para se despedir dos agora ex-colegas de programa. A apresentadora Karine Alves, que dividiu a bancada com ele por diversas edições, disse estar emocionada.

– Estou com o coração apertado que meu amigo vai brilhar ainda mais. Já estou sentindo a falta dele. Já está com a camisa do Fogão ele! Você está dando esse passo e se realizando ainda mais, estou emocionada de verdade. O Rapha, além de ser um profissional absurdamente talentoso, é uma ótima pessoa. Era muito fácil de trabalhar com ele, vou sentir muita falta da nossa parceria. Trabalhar com pessoas que são do bem, que querem ver você crescendo também, é delicioso demais. É um prazer. Te agradeço também por ter me dado a mão naquele momento tão difícil quando perdemos o RR (Rodrigo Rodrigues) – despediu-se Karine.

– Quero deixar o abraço de toda nossa equipe de bastidores, todos gostam muito de você. Não vou te desejar boa sorte, porque você não precisa disso, você tem competência de sobra e carisma para caramba. E a nossa amizade vai continuar, foi um presente que eu ganhei aqui no SporTV – completou a apresentadora.

Alexandre Lozetti, um dos comentaristas presentes na “mesa”, disse que a chegada de Raphael Rezende ao Botafogo será uma grande perda para o jornalismo e um grande ganho para o futebol brasileiro.

– Me preocupo muito com a qualidade do futebol e com a qualidade do jornalismo. Esse é um movimento que, para o jornalismo, nós vamos sofrer, é um baque, porque é uma referência, ele continua sendo jornalista, mas não vai estar mais com a gente. Mas, para o futebol, é um ganho gigantesco, porque o Rapha sabe fazer. Além de ter se preparado, tem o coração, o caráter, a forma como vai agregar. Esse espaço que o Botafogo está dando é fundamental para todos os clubes, que vão precisar de profissionais que saibam trabalhar com scout, análise e informação. Esse é o futuro e não dá para fugir. Tenho certeza de que nessa nova função vai inspirar muita gente como você inspirou a mim e a tantas pessoas aqui no SporTV. Isso simboliza um avanço para o jogo, para o esporte. Queremos entrevistá-lo toda semana, hein? (risos) – disse Lozetti.

É um cara que me recebeu superbem, conversamos muito no camarim a respeito desse sonho dele. O que posso fazer é parabenizá-lo por essa coragem. Não é fácil sair de um lugar onde trabalha há 16 anos, mas pela força que tem, a capacidade de estudar, de buscar o que sonha. Poucos fazem isso. Tenho certeza de que o sucesso será garantido, pelo coração, pela sua capacidade, mas principalmente pela sua coragem, de botar a cara à tapa e ir para o outro lado – destacou Paulo Nunes.

Visivelmente encabulado com as homenagens, Raphael Rezende – já devidamente trajado com a camisa do Botafogo – contou como foi a decisão de deixar o jornalismo e assumir essa nova função no Glorioso.

– É até difícil explicar, são quase 16 anos, entrei ainda como estagiário na TV Globo. Posso explicar essa mudança partindo da ideia de que o que me sustentava era o futebol. Não é desmerecer o jornalismo. Na entrevista quando entrei como estagiário, falei que se não fosse o esporte dificilmente entraria no jornalismo. Amadureci, busquei o aperfeiçoamento o máximo possível de estudo, de aproximar do convívio, da relação das pessoas do futebol, para me sentir preparado para o desafio. Vem desta vontade de estar mais dentro do jogo, de aplicar o que acredito e defendi durante todo o tempo aí nessa bancada – disse Rezende.

Fonte: Redação FogãoNET e SporTV

Notícias relacionadas