Philipe Sampaio culpa gol no início por atuação ruim do Botafogo no segundo tempo e entende vaias da torcida: ‘Não machuca, faz parte’

51 comentários

Por FogãoNET

Compartilhe

Philipe Sampaio em Botafogo x Ceará | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

O zagueiro Philipe Sampaio atribuiu ao gol sofrido logo no início do segundo tempo a atuação muito ruim do Botafogo na etapa final no empate em 1 a 1 com o Ceará neste sábado (6/8), no Estádio Nilton Santos.

Tomamos um gol muito cedo, e depois sabemos que é obrigação ganhar. Quando tem que ganhar o time acaba se expondo mais e o Ceará tem jogadores de qualidade na transição. Foi um jogo aberto, tanto eles poderiam fazer o gol como nós também. O grande problema no segundo tempo foi o gol muito rápido que deu uma desestabilizada no nosso time – afirmou Sampaio, ao “Premiere”.

O novo tropeço do Botafogo em casa fez os jogadores alvinegros deixarem o gramado sob vaias e gritos de “time sem vergonha”. Para o defensor, a manifestação da torcida é normal.

Isso faz parte, não nos machuca, somos trabalhadores. Corremos para caramba, quando não corre aí sim as vaias são merecidas. Temos que trabalhar mais e no próximo jogo temos que ganhar de qualquer jeito – sentenciou Sampaio, visando o duelo contra o Atlético-GO, sábado que vem, novamente no Niltão, pela 22ª rodada do Brasileirão.

Fonte: Redação FogãoNET e Premiere

Notícias relacionadas