Luis Henrique pode ter cometido erro fatal ao recusar Botafogo

216 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Luis Henrique - Olympique Marselha x  Cannet-Rocheville - Copa da França
Divulgação/Olympique Marseille

Acompanhando as apurações de Thiago Franklin, em participação na live do FOGÃONET, e de alguns outros veículos ficou visível que Luis Henrique recusou a proposta do Botafogo para defender o Flamengo. Mesmo sendo orientado do contrário pelos seus agentes. O jogador assume assim para si os rumos de sua carreira. Algo que não é ruim. Lembro ter criticado aqui a postura de Matheus Babi que, quando seus empresários negociavam a saída do Glorioso, disse que deixava tudo nas mãos deles. Luis Henrique, ao que tudo indica, é senhor de seu destino. Mas pode ter dado um tiro no pé.

MAIS! Culpa do Luís Castro ou do elenco? Dúvida que não importa no Botafogo

Luis Henrique é novo e no retorno ao futebol brasileiro deve ter dificuldade para se readaptar a qualquer clube. Saiu cedo. Não teve “minutagem” na Europa suficiente para um grande desenvolvimento por lá. No máximo amadureceu em aspectos que a maioria consegue crescer no Velho Continente. Mas colocá-lo em prática é diferente.

Luis Henrique fará parte da patota?

Neste cenário a chance de dar certo em um ambiente onde já contaria com o carinho e a paciência da torcida seria o ideal. Mas ele optou pelo imediatismo. A chance de ser campeão logo. Não pensou no longo prazo, no desenvolvimento de sua carreira e no crescimento do Botafogo como grupo, que será inevitável.

MAIS! Botafogo tem janelas de oportunidades e desafios

Vai para um clube que foi um cemitério de reforços vindos da Europa ou de outros grandes clubes do Brasil nos últimos meses. Optou por um elenco que a mídia mostra todos os dias a sua divisão, agora contando ainda com o tranquilo Vidal. Se tiver um pouco de sorte fará parte da turma do patota. Mas mesmo assim terá o outro lado para conviver. Cenário nada ideal para quem retorna agora. Além disso fecha a porta que lhe projetou. Pode ter dado o maior tiro no pé de sua carreira. Mas isso só o tempo dirá.

Notícias relacionadas