Últimos acontecimentos: mídia irrita com reação do Botafogo

102 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Últimos acontecimentos: mídia irrita com reação do Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo vem tomando cada vez mais conta da mídia. Seja pelas contratações de John Textor, seja pela postura de sua torcida cada vez mais ativa ou pelas decisões tomadas pela diretoria. A reação do Botafogo, entretanto, parece irritar parte da mídia. É um tema que de vez em quando abordo aqui, mas que é necessário. Estamos falando de uma marca importante do futebol brasileiro e que precisa ser respeitada.

Nas últimas semanas alguns acontecimentos intensificaram essa reação. No episódio do mando de campo vários veículos sugeriram que a CBF trocasse os mandos com o Flamengo para resolver o problema da reformas do Maracanã. Como assim? E o Botafogo? O problema não era do Botafogo, que não tinha motivos para abrir mão de jogar o segundo turno, com seu time já montado e mais perto da fase decisiva do torneio, em casa. Gostaria de entender jornalistas darem este tipo de sugestão sem deixar evidente suas preferências.

Mas não foi só isso. Há duas semanas escrevi aqui que o goleiro Diego Loureiro foi vítima de um erro grosseiro do árbitro Raphael Claus, que o puniu com um cartão amarelo mesmo sem poder. Na ocasião o que me incomodou foi a postura do canal que transmitia o jogo contra o Ceará e que defendeu a arbitragem. Além disso, mesmo sem ser médico, teve comentarista garantindo que o goleiro nada sentia. Era nítido a cera, mas não se poderia validar o erro do árbitro. Eis que duas semanas depois o Botafogo virou vítima e não vi o mesmo critério.

Luís Castro também virou vítima da mídia

Luis Castro em ação no Estadio Nilton Santos Foto: Vitor Silva/Botafogo

No jogo contra o Juventude o goleiro César por várias vezes parou o jogo. Uma situação muito pior do que vimos Diego Loureiro fazer no jogo contra o Ceará. Ao contrário do arqueiro alvinegro, o goleiro gaúcho caiu várias vezes no gramado. Não foi só César. Autor do gol do Juventude, Pitta também simulava lesões a cada jogada. O comentário do canal que cobriu o jogo é que o atacante do Juventude foi “caçado em campo”. Por favor né?

Por fim o Niltão cheio pelo visto está incomodando. Teve jornalista dizendo que a torcida do Botafogo atrapalhou. Inclusive alguns tentando jogar Luís Castro contra os torcedores dizendo que o treinador responsabilizou o estádio cheio pelo tropeço. Mas ainda bem que a torcida botafoguense está sempre atenta e consegue interpretar bem o que está escondido em cada opinião. Mas que o novo Botafogo incomoda, isso ele incomoda. E vai incomodar muito mais.

Notícias relacionadas