Carlos Eduardo Sangenetto
22/06/2017
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo ganhou o clássico contra o Vasco com autoridade por 3 a 1 na noite desta quarta-feira, no Estádio Nilton Santos, pela 9ª rodada do Brasileirão, mas o prazer que ia aumentando conforme o Fogão iria construindo a vitória contrastou muitas vezes com a insatisfação com a arbitragem de Leandro Pedro Vuaden.

Escanteio dado indo contra a decisão do assistente, supostas faltas invertidas e os cinco cartões amarelos dados para jogadores alvinegros (o Vasco recebeu apenas um) irritaram grande parte da torcida do Botafogo que foi ao jogo.

Aos 35 e 43 minutos do primeiro tempo e aos 10′ da segunda etapa, os botafoguenses, de forma espontânea, decidiram aplaudir as decisões favoráveis do árbitro gaúcho, que deixou o quadro da Fifa esse ano, ao Glorioso. Alguns se exaltaram mais no Setor Leste:

– Esse cara veio mal-intencionado pra cá! Não adianta reclamar, p***! – exclamou um torcedor.

Torcida do Botafogo protesta contra Vuaden no clássico contra o VascoMomento em que torcedores do Botafogo aplaudem decisão favorável de Vuaden no clássico
(Foto: Carlos Eduardo Sangenetto/FOGÃONET)

Erros de arbitragem atrapalham Botafogo no fim do primeiro semestre

A bronca da torcida do Botafogo com a arbitragem começou dia 31 de maio, na Ilha do Retiro, no jogo de volta da Copa do Brasil, quando o Fogão teve um gol mal anulado por um impedimento inexistente assinalado pela assistente Tatiane Camargo.

Exatamente uma semana depois, no Pacaembu, o time de Jair Ventura sofreu uma derrota após gol de falta aos 50 minutos do segundo tempo, que teve origem numa falta que também não existiu. No fim de semana seguinte, um pênalti cavado por Rildo, do Coritiba, colaborou para um tropeço dentro de casa contra o time paranaense (2-2).

A torcida tem razão em ficar no pé dos caras?
Parece que tem, né? Sequência braba essa aí.

Saudações alvinegras!

Vuaden apitou clássico entre Botafogo e VascoVuaden foi criticado por botafoguenses na arbitragem do clássico (Foto: Satiro Sodré/SSPress/Botafogo)