Não tinha mais clima. Loco Abreu teve seu contrato rompido com o Audax Italiano, após polêmica que se envolveu com torcedores locais e por também não marcar nenhum gol em jogos oficiais pelo clube chileno. O Boletim do C.E apurou que o Botafogo monitora a situação e espera chegar a um acordo financeiro com o ídolo.

Hoje com 41 anos, o camisa 13 cobra R$ 6 milhões de direitos de imagem na vara cível e, por isso, o Alvinegro busca meios para quitar esta dívida. A negociação, que pode envolver o retorno do veterano aos gramados com a camisa do Fogão, seria encaminhada no início do mês, mas o uruguaio não foi relacionado pelo jogo de volta da primeira fase da Copa Sul-Americana no Estádio Nilton Santos. Apesar disso, o vice-presidente de futebol Gustavo Noronha afirmou à coluna do FogãoNET que Loco já teria “gostado da ideia” de um possível acerto.

– Eu estive com ele naquele jogo de ida contra o Audax Italiano, no Chile. Conversamos um pouco no sentido de fazer uma composição. Ele gostou da ideia e a gente deve fazer isso. Estava combinado de sentar e conversar no jogo de volta, aqui no Rio de Janeiro, mas ele acabou não sendo relacionado. A gente falou na véspera da partida que voltaríamos ao tema. Agora com ele mais livre, talvez seja mais fácil para ele viajar ao Brasil para chegarmos num acordo. Essa é a situação atual – disse o dirigente.

Gustavo Noronha e Jefferson conversam com Loco Abreu antes de jogo do Botafogo com Audax Italiano no Chile

RESENHA! Gustavo Noronha e Jefferson conversam com Loco Abreu antes do jogo do Botafogo contra o Audax Italiano, no Chile (Foto: Reprodução/Fox Sports)

Loco Abreu merece um jogo de despedida?
Se sim, em um amistoso ou no Carioca-2019?

Deixe sua opinião.

Saudações alvinegras!