Paulo Autuori é o nome favorito da diretoria do Botafogo para assumir o cargo de Alberto Valentim, técnico demitido na noite do último domingo após a derrota por 3 a 0 para o Fluminense. No entanto, o Boletim do C.E apurou que há uma corrente no comitê executivo de futebol que também considera a possibilidade de efetivação do auxiliar Bruno Lazaroni (vote no seu nome preferido no fim da matéria).

Banner da loja do FogãoNET para faixa japonesa

A favor de Paulo Autuori está o ótimo relacionamento com Carlos Augusto Montenegro, presidente do clube quando o treinador conquistou o Campeonato Brasileiro de 1995 com o Fogão. Ele se encaixa no teto salarial do clube, cerca de R$ 180 mil, e também ficaria à frente do time até a chegada dos investidores da Botafogo S/A.

Vale para Bruno Lazaroni a experiência de dois anos como auxiliar-técnico fixo do time profissional do Botafogo. No cargo desde a efetivação de Felipe Conceição, hoje no Red Bull Bragantino, em janeiro de 2018, Bruno comandou o Glorioso de forma interina em três oportunidades: no empate sem gols em casa com o Santos, no Brasileirão-2018, e duas vezes no Brasileirão-2019, na vitória sobre o Goiás no Estádio Nilton Santos e na derrota para o Palmeiras no Pacaembu. Em 2020, ele também esteve à beira do gramado nas derrotas da equipe alternativa para Volta Redonda e Madureira*, pela Taça Guanabara, mas o trabalho era integrado com Alberto Valentim, que permaneceu em Domingos Martins para a pré-temporada.

Botafogo 0 x 0 Santos (Brasileirão-2018)
Botafogo 3 x 1 Goiás (Brasileirão-2019)
Palmeiras 1 x 0 Botafogo (Brasileirão-2019)
Volta Redonda 1 x 0 Botafogo (Carioca-2020)*
Madureira 2 x 0 Botafogo (Carioca-2020)*

Apesar de aguardar uma resposta de Autuori nesta terça-feira, o Botafogo ainda tomará uma decisão final. Membro do comitê de futebol, Ricardo Rotenberg confirmou para a coluna do FogãoNET na noite desta segunda-feira que existe a possibilidade da promoção de Bruno Lazaroni.

Qual é a sua preferência? Vote na enquete abaixo!

Fonte: Redação FogãoNET