Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

X

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Mufarrej relata sondagens e espera venda de jogadores por receitas no Botafogo: ‘Todos são negociáveis’

0 comentários

Boletim do C.E.

Boletim do C.E.

Compartilhe

Nelson Mufarrej, presidente do Botafogo, em Domingos Martins/ES
Vítor Silva/Botafogo

A situação financeira do Botafogo nunca foi fácil, diante de uma pandemia então, as dificuldades aumentam. Depois de divulgar o balanço financeiro de 2019 com déficit de R$ 20,8 milhões e demitir 45 funcionários na primeira quinzena de maio, o clube necessita, mais do que nunca, fazer receitas para dar um certo alívio aos cofres de General Severiano. E a criação de receitas, a curto prazo, passa pela venda de jogadores.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

E todos os atletas do elenco atual são negociáveis, não há exceções, informa Nelson Mufarrej. Em entrevista exclusiva ao Boletim do C.E, o presidente do Botafogo aguarda boas propostas para conseguir dinheiro em caixa e pagar salários atrasados aos jogadores. Ele disse que algumas consultas e sondagens já foram feitas.

– Todos são negociáveis, podem ser vendidos. Se chegarem propostas boas, vamos negociar. São nossos ativos, temos jogadores bons, mas também precisamos criar receita. E a venda de jogadores está prevista no nosso orçamento. Hoje, existem algumas especulações e consultas, mas se vão oficializar ou não, não sabemos ainda. Eu torço por isso porque precisamos de dinheiro para pagar salários – disse Mufarrej à coluna do FogãoNET.

Hoje, o atacante Luis Henrique, o volante Gustavo Bochecha e o laterais Fernando Costanza são as principais possibilidades de venda. Os três jovens sub-23 são monitorados por clubes europeus.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

‘Por que vou reduzir salário se estou devendo?

O presidente do Botafogo também reforçou a posição do clube em não reduzir salários da equipe profissional durante a paralisação do futebol brasileiro por conta da pandemia do novo coronavírus. A justificativa foi justamente o atraso de salários. Hoje, o clube deve os meses de abril e março ao plantel, sem previsão para o pagamento.

– Não reduziremos porque estamos devendo. Se estou devendo, por que vou reduzir salário? Não vou punir os jogadores com redução. Mas eles vão ter os salários de abril e março pagos. Na primeira oportunidade que a gente tiver, vamos pagar – garantiu.

Vote na enquete abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET

Comentários