Botafogo e Fluminense fazem o clássico carioca da 23ª rodada do Campeonato Brasileiro nesta quarta-feira, às 16h (de Brasília), na Arena Botafogo, no Rio de Janeiro, tentando manter o embalo na competição, já que venceram no fim de semana.

O time tricolor, que bateu o Figueirense por 3 a 2, está na oitava colocação com 34 pontos, somente três atrás do Corinthians, quarto colocado e na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Já a equipe alvinegra fez 2 a 1 no Grêmio, chegou aos 29 pontos e deseja se distanciar cada vez mais da zona de rebaixamento.

Os dois treinadores entendem que o momento vivido pelos times leva a crer que o clássico será marcado pelo equilíbrio. Os jogadores assimilaram bem o discurso dos comandantes.

“Tem tudo para ser uma partida equilibrada porque os dois times estão vindo de bons resultados e vão querer embalar. O Fluminense sabe como é importante ganhar este clássico para se posicionar de vez em uma boa colocação em termos de tabela de classificação. O Botafogo também precisa pontuar. Tem tudo para ser um choque bem equilibrado e espero que a gente possa vencer nos detalhes”, disse o atacante Wellington, do Fluminense.

Jair Ventura, técnico do Botafogo, pretende surpreender o seu companheiro Levir Culpi. Tanto que fechou o último treino antes do jogo e não revelou a escalação.

“O Levir Culpi é bem mais experiente, porém, conhece muito pouco do meu trabalho e por isso mesmo não quero abrir muito para que possa tentar surpreender, ainda mais porque é uma partida onde o Botafogo vai jogar muito desfalcado. Se conseguir causar alguma surpresa aumentará as nossas possibilidades de conquistar uma vitória”, disse Jair.

Os botafoguenses admitem que pretendem aproveitar falhas do rival.

“Em um clássico a definição do vencedor passa obrigatoriamente por saber tirar proveito de possíveis erros do adversário. O Fluminense tem uma grande equipe, mas é passível de erros e temos que nos aproveitar disso?, disse o goleiro Sidão.

Para evitar que o Botafogo consiga encontrar erros em sua maneira de jogar, o Fluminense espera encontrar a maturidade neste clássico.

“Não podemos cometer alguns erros bobos e infantis a essa altura do campeonato, literalmente falando. O Fluminense tem condições de estar muito acima na tabela de classificação e até já estaria, se não tivesse desperdiçando alguns pontos bobos, que ficaram pelo caminho apenas por erros nossos, sem jamais querer desmerecer o esforço e competência dos nossos adversários. Mas, no futebol, se tem que aproveitar os momentos certos para somar pontos e tirar proveito também dos erros dos adversários. Quando nós erramos, os demais aproveitam e, por isso mesmo, não podemos cometer tantos erros, seja na frente, seja na parte de trás. Tenho certeza de que estamos evoluindo na competição”, analisou o zagueiro Henrique, um dos líderes do elenco do Flu.

Em termos de escalação, o Botafogo tem problemas. Em relação ao jogo passado o time perdeu o lateral esquerdo Luis Ricardo, que fraturou o tornozelo esquerdo, o zagueiro Emerson Santos, advertido com o terceiro cartão amarelo contra o Grêmio, e o volante Fernandes, com uma entorse no joelho esquerdo.

Assim, Diego entra na lateral, Emerson Silva ganha nova oportunidade na zaga e Leandrinho deve ser o escolhido no meio, pois Rodrigo Lindoso, a primeira opção, também não vai ser relacionado por causa de uma lesão muscular na posterior da coxa esquerda. A boa notícia fica por conta do retorno do lateral-esquerdo Diogo Barbosa, que cumpriu suspensão no domingo e reaparece na vaga de Víctor Luís.

O Fluminense terá apenas uma modificação em relação ao triunfo sobre o Figueirense. Isso porque o zagueiro Gum retorna de suspensão e vai ocupar a vaga de Renato Chaves, que fica como opção no banco de reservas.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro, as duas equipes se enfrentaram no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ), e o Fluminense venceu por 1 a 0. Naquela ocasião, o atacante Fred, hoje no Atlético-MG, se aproveitou de uma falha do sistema defensivo botafoguense para anotar o único gol do confronto.

FICHA TÉCNICA:
BOTAFOGO-RJ X FLUMINENSE-RJ

Local: Arena Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de setembro de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques (PR)
Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

BOTAFOGO: Sidão, Diego, Emerson Silva, Joel Carli e Diogo Barbosa; Aírton, Bruno Silva, Leandrinho e Camilo; Neilton e Sassá. Técnico: Jair Ventura

FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Wellington Silva, Gum, Henrique e William Matheus; Pierre, Cícero, Marquinho e Gustavo Scarpa; Wellington e Henrique Dourado. Técnico:Levir Culpi

Fonte: ESPN.com.br