O Campeonato Carioca está perto de seu início e, para buscar o bicampeonato, o Botafogo contará com uma equipe rejuvenescida em relação à do ano passado. E uma prata da casa que pede passagem e deve ganhar espaço é Helerson, que repetirá a recente trajetória de outro jovem zagueiro no clube.

A situação de Helerson faz o botafoguense recordar o início de Emerson Santos com a camisa da Estrela Solitária. Isso porque, no início da temporada 2016, Emerson iniciou como titular e, com o respaldo de Ricardo Gomes, evoluiu no setor e canalizou o seu potencial ao longo todo aquele ano.

À época, Ricardo Gomes foi questionado a respeito de Emerson Santos, só utilizado em quatro jogos na temporada anterior. O treinador sinalizou que o desempenho dele nos treinos já chamava a sua atenção, mas que, dado o contexto de pressão na Série B, optou por preservá-lo em um primeiro instante.

Hoje, o cenário ao redor de Helerson é bem parecido. Isso porque, ainda em dezembro de 2018, em entrevista exclusiva ao LANCE!, Zé Ricardo enalteceu o potencial zagueiro de 21 anos, por vontade própria: “É muito confiável”.

Há ainda outras coincidências quanto aos dois zagueiros. Em ambos os casos, o Botafogo viu titulares incontestáveis deixarem o clube e abrirem brecha – Roger Carvalho, anteriormente, e, agora, Igor Rabello. Além disso, os dois defensores atuam pelo lado esquerdo da zaga (Emerson está atualmente no Internacional).

– Fui titular no jogo-treino de domingo, contra o Madureira. Tenho a possibilidade de jogar e estrear no primeiro jogo do Carioca, no domingo. Há muito tempo estou esperando esta oportunidade – comentou Helerson, em entrevista coletiva concedida na última terça, após um treino no Nilton Santos.

Zé optou por Carli e Helerson entre os titulares diante do Madureira, deixando Gabriel, reforço para 2019, como opção no banco. Marcelo Benevenuto é outro jovem que corre por fora, em concorrência que, por ora, aparece Helerson no pelotão da frente. A aguardar se ele, nos profissionais desde o início de 2018, enfim terá oportunidades para repetir as boas atuações de Emerson.

BATE-BOLA COM HELERSON

Como estão os treinos nesta pré-temporada?
​Os treinos estão sendo bem interessantes. Com a brecha agora pretendo ter meu espaço no clube e ajudar o Botafogo o máximo possível.

Quais as suas características? O Zé Ricardo tem conversado com você?
Tenho essa facilidade de jogar como canhoto. Posso somar. O que o professor decidir está valendo. Ainda não conversei em particular com o Zé Ricardo. Mas gosto muito dos trabalhos, a dinâmica colocada no profissional é a mesma que eu tinha na base.

Ainda está tímido para entrevistas?
Neste primeiro momento está sendo mais difícil dar entrevista. É mais fácil jogar (risos).

Fonte: Terra