Técnico do Botafogo entre 2016 e 2017, Jair Ventura revelou que assistiu a todos os jogos como comandante alvinegro nesta quarentena provocada pela pandemia do novo coronavírus, menos um: Grêmio 1 x 0 Botafogo, jogo de volta das quartas de final da Libertadores de 2017. A partida marcou a eliminação do Glorioso, que fez uma campanha história, e está presente até hoje na memória dos torcedores.

Máscaras do FogãoNET para torcedores do FogãoNET durante a quarentena da pandemia do novo coronavírus (COVID-19)

Não tenho estômago, não vi esse jogo até hoje. Esse jogo me tira o sono até hoje. Jogamos bem e perdemos, isso dói mais ainda. Às vezes, para tirar o mérito do nosso adversário, vemos o demérito, por vezes ele foi melhor que você. Mas não foi esse caso. O Botafogo foi superior e perdeu. Depois do gol (de Lucas Barrios) não teve mais jogo, sumiu bola, cozinhou, vai ficar só remoendo – contou Jair, ao Canal do TF.

Loja do FogãoNET por Estilo Piti | O Site oficial do torcedor do Botafogo | Cupom de 10% de desconto

Se no Campeonato Brasileiro de 2016 Jair Ventura pegou o time na zona de rebaixamento e o levou para a Libertadores, no ano seguinte o Glorioso acabou perdendo rendimento no decorrer da competição e ficou sem a vaga para a principal competição sul-americana. Jair disse que não faltou ambição, mas sim perna.

– Começamos antes de todo mundo com a pré-Libertadores. Fizemos ao todo 73 jogos, chegou no final do ano começamos a pagar esse desgaste. Nunca deixamos de tentar. Ambição, profissionalismo, entrega e empenho todo o grupo teve. Conseguimos em 2016 e infelizmente não conseguimos em 2017 – lamentou o treinador.

Veja o vídeo com os momentos de Grêmio 1 x 0 Botafogo, em 2017:

Vote na enquete abaixo:

Fonte: Redação FogãoNET e Canal do TF