Às vésperas da partida contra o Nacional-PAR, Moisés concedeu entrevista coletiva antes do treino desta terça-feira (14), na sala de imprensa do Estádio Nilton Santos. Recuperado de lesão muscular e titular na estreia de Zé Ricardo, o lateral-esquerdo projetou o decisivo duelo diante dos paraguaios e deixou uma mensagem para lá de positiva para a torcida, que já adquiriu mais de 25 mil ingressos para quinta-feira (16), pela Copa Sul-Americana.

“Vamos dar nossa alma dentro de campo. O mais importante é a classificação. Temos uma ideia de jogo. Temos que tomar cuidado para não sermos surpreendidos”, comentou Moisés, completando:

“Quando cheguei aqui o objetivo era chegar lá na frente na Sul-Americana. Perdemos o primeiro, mas temos totais condições de virar. Vamos ter dificuldade, pois a equipe do Nacional vai jogar atrás. O Zé tem nos alertado bastante. Digo que vi o apoio dos torcedores no passado, na Libertadores, e já tem 25 mil ingressos vendidos. Tenho certeza que vão nos ajudar muito.”

Moisés também comentou a respeito da concorrência na posição, uma vez que Gilson corre por fora e o jovem Yuri foi bem quando testado entre os titulares diante do Santos – e que, na última segunda, em jogo-treino com a Portuguesa-RJ, atuou de ponta direita e, com personalidade, marcou o gol da vitória (1 a 0).

“(Concorrência) Aumenta o nível dos jogadores. Yuri foi muito bem contra o Santos. Ganhamos mais um jogador e quem ganha mesmo com isso é o clube”, concluiu o lateral, emprestado pelo Corinthians até dezembro.

O duelo entre Botafogo e Nacional-PAR será realizado nesta quinta, às 19h30 (de Brasília), pela volta da segunda fase da Sul-Americana. Para avançar, o time de Zé Ricardo precisará de uma vitória simples, mas sem sofrer gol, pois perdeu na ida por 2 a 1.

Fonte: Terra