Usamos cookies para anúncios e para melhorar sua experiência. Ao continuar no site você concorda com a Política de Privacidade.

Jogos

Carioca

17/04/21 às 16:00 - Maracanã

Escudo Fluminense
FLU

X

Escudo Botafogo
BOT

Copa do Brasil

14/04/21 às 21:30 - Frasqueirão

Escudo ABC
ABC

1

X

1

Escudo Botafogo
BOT

Campeonato Carioca

10/04/21 às 21:05 - Raulino de Oliveira

Escudo Volta Redonda
VRE

2

X

2

Escudo Botafogo
BOT

Site lista 6 motivos mostram que presidente do Botafogo não é tão ruim assim

0 comentários

Compartilhe

O último ano de Botafogo tem sido desastroso para o presidente Maurício Assumpção. As críticas surgem de todos os lados, até mesmo de antigos que se afastaram com o objetivo de seguir no poder por mais alguns anos. Entretanto, existem motivos que mostram que o mandatário não é tão ruim quanto tem se pintado em 2014.

O UOL Esporte selecionou seis motivos que apontam aspectos positivos na administração de Maurício Assumpção. As críticas têm sido amplamente debatida por todos, mas existem outros aspectos que pesam a seu favor e que parecem ter ficado no limbo do Botafogo.

 

Por que presidente do Botafogo não é tão ruim?

  • 1
    Olho na base

    Durante muitos anos o Botafogo deixou sua base completamente abandonada. Ao assumir o clube, em 2009, Maurício Assumpção reformulou todas as categorias e passou a colher frutos nas temporadas seguintes. Atletas como Vitinho, Dória, Gabriel e Jadson rapidamente figuraram o elenco profissional e ganharam status de titular absoluto.

  • 2
    Melhorias na sede

    Outro pontos muito comentado por sócios e a melhoria na sede. Tudo começou ainda sob o mandato de Bebeto de Freitas, mas foi na gestão de Assumpção que General Severiano pulou em qualidade. Não por menos o quadro de sócios dobrou em 2010. Outro aspecto é a reforma do Mourisco, que virou referência em parques aquáticos.

  • 3
    Bons negócios

    A reformulação da base trouxe benefícios para o Botafogo não dentro de campo, mas também fora dele. Vitinho, Dória e Jadson foram vendidos para o exterior por valores que recolocaram o clube no cenário internacional. No total, o Alvinegro movimentos R$ 68,1 e utilizou sua parte nas transações para pagar salários atrasados.

  • 4
    Ídolos recentes

    Uma coisa que o torcedor do Botafogo se orgulha são seus ídolos. E isso não faltou na gestão de Maurício Assumpção. O primeiro foi Loco Abreu, responsável por evitar mais um vice para o Flamengo no Carioca, com direito a ?cavadinha? na final. Seedorf também entrou nessa lista e deixou o Alvinegro na história ao se aposentar pelo clube. Atualmente, Jefferson mantém o legado.
    5

  • Títulos

    Desde o primeiro mandato de Assumpção, o Botafogo lutou pelo título do Carioca. Em 2009, perdeu a final para o Fla, mas o troco veio em 2010, com a ajuda de Jefferson e Loco Abreu. Em 2013, o Alvinegro novamente levou o estadual, o que representa mais conquistas do que na última década inteira.

  • 6
    Volta à Libertadores

    Voltar a conquistar um título expressivo virou uma obsessão, mas disputar novamente a Libertadores era algo que o Botafogo desejava há muito tempo. E isso ocorreu na atual temporada, após classificação heroica em 2012- com direito a drama e necessidade de secar a Ponte Preta na final da Sul-Americana. Eram 18 anos sem participar da competição continental.

Comentários