Árbitro, VAR e súmula de Inter x Botafogo causam incômodo na CBF

69 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Árbitro Savio Pereira Sampaio em Internacional x Botafogo | Campeonato Brasileiro 2022
Reprodução/Premiere

O conjunto da arbitragem, do apito inicial até a liberação da súmula da vitória do Botafogo sobre o Internacional, gerou um grande incômodo com alguns dirigentes da CBF. Nosso blog apurou junto a fontes da entidade que a atuação de Savio Pereira Sampaio e do VAR causaram um grande mal estar. O momento é tido como péssimo para este tipo de erro e pela forma grosseira como vários lances foram analisados pelos árbitros presentes ao evento.

MAIS! O que Savio jamais vai conseguir explicar em Inter x Botafogo

A repercussão que a postagem de John Textor, ainda no primeiro tempo do jogo, solicitando a demissão de Savio, foi muito mal vista na entidade. Isso porque a chegada de investidores estrangeiros coloca luz no futebol brasileiro e as imagens vistas no Beira-Rio são péssimas para o produto futebol brasileiro. Logo o que aconteceu no estádio virou um dos assuntos mais acessados das redes sociais. Algumas semanas depois de o Brasil emplacar mais representantes do que o esperado na arbitragem da Copa do Mundo do Catar.

MAIS! Árbitro erra com goleiro do Botafogo e canal dá aval

A atuação de Savio após a lambança inicial, pênalti inexistente + expulsão de Sampaio, incomodou ainda mais. A expulsão de Luís Castro foi vista como exagerada, fato que se confirmou na súmula, onde é visível a falta de elementos que justificassem o cartão vermelho dado ao treinador. Na visão de alguns dirigentes Savio deveria naquele momento agir para acalmar os ânimos e não colocar mais gasolina na fogueira.

Citação a dirigente do Botafogo irrita bastante

Luis Castro foi expulso injustamente Foto: Vitor Silva/Botafogo.

A citação a dirigentes do Botafogo na súmula incomodou ainda mais alguns dirigentes da entidade. Na visão deles, Savio criou ainda mais polêmica com o clube carioca, que já tem um histórico de sofrer com arbitragens ruins. Além disso vem em um momento onde Textor deve ter certo protagonismo em assuntos relevantes, como criação de ligas e discussão de cotas de televisão. Ter o investidor como inimigo não é uma boa para a CBF. Claro que ninguém na entidade defende benefícios ao Glorioso. mas lamentam o momento dos prejuízos.

MAIS! Janela vai definir destino do Botafogo na temporada

Apesar disso os dirigentes vão evitar manifestações públicas. Mas o afastamento do time do VAR do clássico paulista desta segunda-feira, entre Palmeiras e São Paulo, dá o tom da insatisfação. Não será surpresa se Savio sumir do mapa a partir das próximas escalas.

Notícias relacionadas