Botafogo só terá reforços em fevereiro e deve colher frutos no mercado

94 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

Botafogo só terá reforços em fevereiro e deve colher frutos no mercado
Reprodução/Globo

O Botafogo segue no mercado em busca de reforços para a sequência da temporada. O trabalho feito até aqui na janela foi positivo em termos de qualidade, mas não de quantidade. A torcida esperava mais nomes, principalmente para posições ainda consideradas carentes. Mas John Textor, que tem modelo interessante para os clubes que administra, deixou clara a estratégia que pretende utilizar neste sentido na live no canal do FogãoNET. E a firmeza com que passou mostra alguém acostumado a lidar com esses processos e que nos dá a sensação de que o Botafogo vai colher frutos na luta por reforços.

Textor praticamente disse que ninguém espere nenhum nome até fevereiro, quando se fecha a janela de transferências na Europa. Depois desse processo os preços tendem a cair e algumas transações, antes pouco prováveis, podem sair naturalmente. Um exemplo são empréstimos de jogadores. A quantidade de bons nomes sem espaço na Europa e que precisam encontrar um destino aumenta consideravelmente.

MAIS! CBF sobe no banco para escapar do Botafogo

As análises de Textor transmitem segurança no sentido de que é fácil notar um processo em construção e que tem lógico. Se percebe uma estratégia por trás disso. Logo que a primeira janela se fechou no ano passado, todos ficaram preocupados. Afinal de contas não vieram nomes tão expressivos e tinha um Brasileirão pela frente. Mas naquela ocasião Textor e sua equipe não tinham tempo para agir. Era pegar o que dava em um cata cata do mercado. Que Luís Castro se virasse.

Terceira janela por reforços

Marcal e Tiquinho Soares são nomes que não geram contestação Foto: Vitor Silva/Botafogo

Na segunda janela alguns nomes melhoraram. Vieram peças como Marçal e Tiquinho Soares, que não geram contestação. Havia mais tempo para se trabalhar. Mas mesmo assim Luís Castro sofreu, já que a temporada estava comprometida e os nomes foram sendo incorporados ao longo do returno. Mas mesmo assim houve progresso visível.

MAIS! Carlos Alberto e Jeffinho podem tornar ‘insuportável’ o ataque do Botafogo

Agora estamos em uma terceira janela, onde não há mais necessidade de se montar um elenco completo. Hoje o Botafogo possui um bom grupo e o trabalho é de aparar arestas e agregar com bons nomes para as posições ainda necessárias. Além disso realmente há mais entrosamento e isso faz diferença.

MAIS: Erison no São Paulo? Botafogo não pode reforçar rivais

Cruzeiro, Grêmio e Vasco, que subiram, estão em outro momento. O Botafogo não precisa mais correr riscos com apostas que não fazem sentido. Apenas um torcedor pessimista pode esperar um 2023 pior do que o ano anterior. Textor transmitiu segurança sobre reforços e nos resta aguardar fevereiro.

Notícias relacionadas