O que é importante se falar sobre Chay no Botafogo

43 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

O que é importante se falar sobre Chay no Botafogo
Vitor Silva/Botafogo

O Botafogo decidiu que não vai manter Chay em seu elenco para 2023. Provavelmente uma escolha do técnico Luís Castro, que não vê utilidade para o jogador no plantel que vai ser formado para a próxima temporada. Vejo alguns torcedores criticando o clube pela medida. E outros dizendo que realmente não tem mais como manter o apoiador. Mas o importante neste momento é se fazer uma análise justa, levando em consideração momento atual e o passado do clube.

Chay chegou ao Botafogo no meio da Série B e foi muito útil. Liderou o meio alvinegro em um momento que era muito importante ter qualidade. Para aquele Botafogo e para a Segunda Divisão que o clube estava disputando Chay foi sim uma referência.

O tempo passou e o Botafogo mudou. O elenco para 2022 já foi um pouco diferente do anterior. Houve ganho em qualidade e o meia não conseguiu manter seu lugar de titular absoluto. Tentou em algumas partidas. Mas o nível da Série A cobrou mais. Além disso vinha se recuperando de lesão, algo que deve ter atrapalhado seu ritmo.

MAIS! A Matemática dos reforços do Botafogo para 2023

MAIS! O que deve incomodar a Ferj na postura do Botafogo

MAIS! Botafogo monitora chileno que já foi o ‘Noivo Vidal’

Mas neste momento o importante é entender que neste novo Botafogo, com objetivos de se contratar para o setor, manter Chay não faria muito sentido. Entretanto é importante também cuidar para que sua saída se dê da melhor maneira possível, pois ele sempre honrou a camisa alvinegra quando entrou em campo. E teve papel importante em um momento de reconstrução do clube. Que tenha sucesso em sua sequência de carreira.

MAIS! Botafogo pode ter reforços ‘internos’ em 2023

Notícias relacionadas