O que mais deve incomodar a Ferj na postura do Botafogo

40 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

O que mais deve incomodar a Ferj na postura do Botafogo
Reprodução/ESPN

O Botafogo entrou em rota de colisão com a Ferj. Foi o que mais ouvi nos últimos dias sobre a polêmica da divisão de cotas. Mas não é assim que a história deve ser contada. Na verdade o Botafogo está mostrando a necessidade de reduzir o papel das entidades. Isso é o que deve mais incomodar a Ferj.

Desde que me entendo por gente vejo todos os anos os clubes reclamando da Ferj. Desde os tempos de Eduardo Viana, o Caixa D’água. A situação continuou com Rubens Lopes. Aliás, podemos até dizer que as duas gestões são bem parecidas.

MAIS! A Matemática dos reforços do Botafogo para 2023

Por culpa deles ou não a verdade é que os estaduais deixaram de ser interessantes. Os clubes pequenos, que as entidades diziam preservar, não conseguem sequer montar bons times. O tempo em que Madureira, Americano, Olaria e outros assustavam foi embora. Quando chegam às semifinais é por erros dos grandes e não mais pelos próprios méritos, como acontecia antigamente.

MAIS! Isidro Pitta só se for na cota de apostas

Falando especificamente do Rio de Janeiro o desempenhos desses times é patético. O Rio só consegue ter time na Série B quando cai alguém da Primeira Divisão. Estados com menos poderio financeiro conseguem desempenhos melhores.

Hora de aposentar alguns dirigentes

Sorteio da tabela do Campeonato Carioca 2022 - Presidente da Ferj, Rubens Lopes
Presidente da Ferj, Rubens Lopes, é bom paras o futebol?

Não faz mais sentido deixar a divisão de cotas ou organização de torneios nas mãos de uma entidade como a Ferj. Esse é assunto para os clubes lidarem. Principalmente os grandes que atraem torcida. A capacidade de gerar receita de empresários como John Textor é muito maior do que uma gestão de Rubens Lopes.

MAIS! Botafogo monitora chileno que já foi o ‘Noivo Vidal’

Para piorar a Ferj ainda tem a capacidade de ameaçar os clubes com clausulas para quem não aceitar as suas ordens. Como se a Ferj gerasse alguma receita. Isso só mostra a necessidade de dirigentes como Rubens Lopes serem aposentados do futebol para sempre.

MAIS! Botafogo pode ter reforços ‘internos’ em 2023

O Botafogo vem lembrando a importância da criação das ligas e a necessidade delas assumirem o controle do futebol. Vai ser muito saudável. E como é bom ver o Glorioso como protagonista dessas mudanças. Sinal dos tempos.

Notícias relacionadas