O Botafogo sofreu mais uma drástica mudança internamente. Após reunião na manhã desta segunda-feira, Gustavo Noronha foi demitido e não exerce mais o cargo de vice-presidente de futebol do clube. O dirigente ocupava o cargo desde a chegada de Nelson Mufarrej como presidente, em 2018.

Um encontro com o próprio mandatário, porém, selou a passagem do vice-presidente de futebol do clube. A situação era considerada insustentável e Gustavo Noronha foi destituído do Conselho Diretor do Glorioso. Depois de Ricardo, presidente do Conselho Fiscal, foi a segunda saída confirmada em menos de 24 horas.

Antes de ser VP de futebol, Gustavo Noronha foi diretor jurídico do departamento de futebol e uma figura importante no grupo Mais Botafogo. Não à toa, era influente nos bastidores do clube e alcançou um cargo de prestígio na instituição.

Noronha, porém, não estava sendo bem avaliado por conselheiros nos últimos meses. O VP de futebol “sumiu” e não participou de decisões importantes, em relação ao futebol e questões fora de campo, em um momento conturbado vivido pelo Botafogo. Por esta razão, a situação do dirigente ficou praticamente insustentável. Ainda não há previsão se outro dirigente ocupará o cargo de VP de futebol.

Fonte: Terra