A classificação do Botafogo na Copa do Brasil, após a vitória sobre o Campinense por 2 a 0, não foi noticiada no início da madrugada desta quinta-feira pelo Jornal da Globo, audiência tradicional de torcedores que apreciam ver ou rever os gols do time do coração.

Durante os cinco minutos do “bate-papo esportivo”, anunciado por Renata Lo Prete e apresentado por Felipe Diniz, seis partidas foram lembradas pelos jornalistas. A eliminação do São Paulo para o Talleres, na Libertadores, principal notícia da noite, ganhou o maior e devido destaque.

No entanto, na hora de comentar as partidas da Copa do Brasil, três resultados foram registrados: São José 0 x 0 Chapecoense, com destaque para as listras irregulares do gramado sintético do Estádio Passo D’Areia, Avenida 1 x 0 Guarani, que definiu o próximo adversário do Corinthians na competição, e Tombense 3 x 0 Sport, uma das zebras da rodada. E o triunfo do Botafogo? O jogo terminou às 23h20 na Paraíba, com transmissão do SporTV. Por que os gols não foram exibidos? Nem o placar foi noticiado.

O quadro esportivo foi encerrado com a homenagem do uniforme do Vasco às vítimas do Ninho do Urubu na vitória por 3 a 0 sobre o Resende, no Maracanã, pela semifinal da Taça Guanabara.

Duração dos assuntos esportivos no Jornal da Globo (13/02/2019):
Libertadores
– 2:58
Copa do Brasil
– 1:16
Campeonato Carioca
– 1:06

Bronca com Fantástico e jogos da Taça Rio

Na noite do último domingo, torcedores do Botafogo criticaram o Fantástico, também da Rede Globo, após o cavalinho alvinegro ter ficado escondido na homenagem feita pelo programa ao Flamengo. No dia seguinte, o apresentador Tadeu Schmidt fez esclarecimentos e pediu desculpa aos botafoguenses que se incomodaram. Outra bronca dos torcedores é a possibilidade da emissora não transmitir os jogos do Glorioso na Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.