O torcedor do Botafogo não aguenta mais figurinhas repetidas. Nas últimas temporadas, nomes de Hernán Barcos e Rafael Moura, por exemplo, são sempre especulados no ataque do Fogão e acabam virando parte do noticiário. Cansado disso,  o alvinegro Marcelo Drummond, de 41 anos, resolveu protestar de forma criativa na internet.

O servidor público publicou em sua página no Facebook que “teve acesso a um documento confidencial do setor de inteligência do Botafogo”, departamento responsável pelas análises de possíveis reforços para o clube. A brincadeira ganhou rapidamente as redes sociais dos botafoguenses.

– Em um dos grupos em que eu participo começou uma discussão sobre se o Rafael Moura deveria ser contratado ou não. Em todos outros é quase uma unanimidade que não faz o menor sentido, que não é possível que os “profissionais do setor de inteligência” do Botafogo não consigam mapear alguém mais interessante seja aqui no Brasil ou na América Latina. Resolvi juntar isso com uma outra lista que já tinha feito há um tempo dos jogadores que tentamos todos os anos – contou Marcelo ao Boletim do C.E.

“Documento” do setor de inteligência do Botafogo tem apenas 3 páginas (Foto: Arquivo pessoal)

 

Morador de Niterói, Marcelo cobrou agilidade dos dirigentes e fez fez coro com grande parte da torcida, que pede reforços para as laterais e o ataque do time do técnico Zé Ricardo.

– Acho até que a diretoria tem feito melhor isso esse ano. Tem sido cirúrgica dentro das suas possibilidades. Mas não dá pra achar que Rafael Moura com o desempenho que teve nos últimos 4 anos será a nossa solução pra camisa 9. Precisamos de pelo menos um centroavante e um lateral direito que cheguem já pra jogar. E o mais rápido possível. Não dá pra esperar o final do encerramento do Brasileirão pra perceber que tem que contratar, como tem sido todo ano – concluiu.

Desde a saída do uruguaio Rodrigo Aguirre para a LDU, do Equador, o Botafogo busca alternativas no mercado para reforçar o setor ofensivo. No atual elenco, Kieza e Igor Cássio são os únicos centroavantes.

Vote na enquete abaixo: