O que faz acreditarmos que o Botafogo de Castro pode dar certo

23 comentários

Blog do Mansell

Blog do Mansell

Compartilhe

O que faz acreditarmos que o Botafogo de Castro pode dar certo
Vitor Silva/Botafogo

Vejo muitas críticas a Luís Castro no Botafogo. Algumas são justas, principalmente por conta de sua teimosia. Escrevi sobre isso depois do jogo contra o Goiás. Mas é inegável que o time entrou em uma rota de resultados positivos. Algo importante, haja vista que muitas vezes o Glorioso deixou de pontuar em jogos que merecia. Entretanto, mais importante do que somar pontos é o Botafogo apresentar sinais de que pode dar certo na reta final do Brasileirão. E isso vem acontecendo.

MAIS! Mercado ainda não entendeu que Botafogo mudou

O Botafogo desde que os reforços chegaram na segunda janela é outro time no sistema defensivo. Muito mais seguro. Mesmo quando perdeu jogos deu grande dificuldade aos rivais para marcar gols. Alguns jogos recentes foram bem administrados pelo sistema defensivo, como diante do Goiás.

Botafogo terá que pagar mais de 5 milhões de euros se quiser Paulinho

Ter um sistema defensivo sólido é o primeiro passo para ganhar jogos. Cuesta e Adryelson se tornaram pilares de uma defesa com um Marçal que assumiu o controle da lateral esquerda. Até Saravia vem se adaptando ao estilo Castro. Isso tudo sem termos um volante cão ferroz à frente da zaga e atuando com três homens de frente, o que aumenta ainda mais os méritos do treinador.

MAIS! Vaga em torneio continental pode dar timaço ao Botafogo

Castro explica projeto

Castro na coletiva após triunfo sobre o Goiás

Castro tem deixado seus planos mais claros em seus discursos.

– Tenho dito muitas vezes que a arte de defender é tão árdua como a arte de atacar. Há quem ache que defender é mais fácil, mas eu acho que é muito mais difícil defender do que atacar. Enquanto defender tem que ser um trabalho de 11 jogadores, muitas vezes o ataque resume-se a um jogador driblar dois ou três e pode fazer um gol – disse Castro, o que nos deixa mais animados.

MAIS! Com time em evolução, só resta criticar SAF

O Botafogo vai para uma reta final sem sustos e sonhando com a Libertadores. Algo que seria maravilhoso logo no primeiro ano do projeto de John Textor. Que a boa fase prossiga, assim como os bons resultados.

Notícias relacionadas